InícioEducaçãoDepois da maior quarentena mundial as aulas retornam dia 20 de setembro...

Depois da maior quarentena mundial as aulas retornam dia 20 de setembro em Ribeirão

Os "cientistas" de Ribeirão Preto conseguiram aumentar drasticamente a diferença na concorrência de alunos públicos do particular,

- continua após a publicidade -

Prioridade é acolher os alunos da educação infantil, ensino fundamental, educação especial, educação de jovens e adultos e todos os funcionários

Os “cientistas” de Ribeirão Preto conseguiram aumentar drasticamente a diferença na concorrência de alunos públicos do particular,

A Secretaria da Educação de Ribeirão Preto anunciou nesta sexta-feira, dia 10 de setembro, em Live no Palácio Rio Branco, o retorno das aulas presenciais na rede municipal de ensino para o dia 20 de setembro, com 50% dos alunos, cumprindo todos os protocolos sanitários correspondentes e obrigatórios com relação à Covid-19.

A medida ocorre após a vacinação integral dos profissionais da educação e vistoria das unidades de ensino e do transporte escolar, cumprindo todos os requesitos previstos na Ação Civil Coletiva movida pelo Sindicato dos Servidores Municipais.

arquivo

“Hoje demos boas notícias para a educação. As aulas na rede municipal retornam dia 20 de setembro, após aval dos infectologistas, vacinação contra a Covid-19 de todos os profissionais e seguindo todos os protocolos de distanciamento, uso de máscara e álcool em gel, para segurança de todos”, informou o prefeito Duarte Nogueira.

Todas as 134 unidades escolares já foram vistoriadas e laudadas por três médicos infectologistas contratados pela Secretaria da Educação, estando aptas a receber profissionais e alunos.  Além das vistorias nas escolas, os médicos também vistoriaram o transporte escolar, atestando o uso, de acordo com protocolos estabelecidos.

“Um dos quesitos para a retomada presencial era a vacinação integral dos profissionais da educação de toda a rede municipal, que foi finalizada na última quarta-feira, dia 8 de setembro. A prefeitura realizou diversas ações voltadas à imunização destes profissionais, conforme o Plano Nacional de Imunização, abrangendo os cinco mil profissionais da rede com as duas doses ou dose única do imunizante contra a Covid-19. Com isto, entendemos que cumprimos com os requisitos da liminar”, pontuou o secretário da Educação, Felipe Elias Miguel.  

“Trabalhamos desde o ano passado para que a volta das aulas presenciais ocorra de forma segura. Todas as unidades escolares já receberam os EPIs necessários: máscaras para alunos, professores e funcionários, face shields, aventais, termômetros infravermelhos, fita zebrada, água sanitária, álcool líquido e álcool em gel. Além disso, todas as escolas realizaram adequações necessárias para o retorno, tais como demarcações no solo, nos refeitórios, pátios, banheiros nas salas de aula, sanitização dos ambientes, bem como a aquisição de materiais para o cumprimento dos protocolos sanitários”, explicou Miguel.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Ainda de acordo com o secretário, tendo em vista que o retorno às atividades presenciais demanda um processo de readaptação à rotina escolar e pedagógica, é fundamental que haja destaque ao acolhimento, tanto de professores e funcionários quanto dos estudantes. “Neste retorno, haverá o processo de acolhimento às famílias e aos estudantes, juntamente com orientações quanto às novas regras de convivência e protocolos a serem cumpridos”.

Retorno – Os alunos do ensino fundamental serão divididos em dois grupos (A e B, em atendimento presencial com até 50% da capacidade) e os da educação infantil retornarão, excepcionalmente, com 50% da turma, em horário reduzido. A organização da escala de frequência dos grupos será realizada por cada unidade escolar, em ordem alfabética, levando em consideração estudantes de mesmo convívio social e a organização de transporte fretado.

A identificação de cada aluno será realizada por crachás, que diferenciarão as turmas de acordo com a letra correspondente ao respectivo dia de atividade presencial. Esses crachás serão entregues antecipadamente às famílias.

A Secretaria Municipal da Educação entende que necessitará de ações de curto, médio e longo prazo para recuperar as perdas e prejuízos na aprendizagem de crianças, adolescentes, jovens e adultos, e o aumento da carga horária, com a implantação da 6ª aula para 2022, será uma realidade.

Estudantes que optarem pelo ensino exclusivamente remoto – Os educandos com comorbidades poderão ser atendidos integralmente por meios remotos, assim como os alunos cujas famílias optarem pelo atendimento exclusivamente remoto. Esses estudantes deverão retirar roteiros de estudo ou outros materiais definidos pela escola semanalmente, realizando a entrega das atividades propostas sempre no momento da retirada das novas atividades.

Para isso, os responsáveis dos estudantes que optarem pela continuidade do estudo exclusivamente remoto deverão comparecer à unidade escolar para assinatura de Termo de Opção. 

Alimentação – A alimentação escolar retornará, exclusivamente, nas unidades escolares.

Transporte Escolar – O transporte escolar fretado pela Secretaria trabalhará com a capacidade de 50% somente.

Protocolos Sanitários –
Medidas de Proteção, Preservação do distanciamento social;
Utilização de EPIs;
Higiene pessoal;
Sanitização de ambientes e materiais;
Comunicação;
Monitoramento e
Local reservado para isolamento de casos suspeitos.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve

Vereador esquerdista que defende mulheres deve cumprir medida protetiva com a ex-namorada

a vítima se sente perseguida e agredida moralmente e psicologicamente pelo autor

“Funcionário” recebe R$ 22 mil por mês da Câmara para estudar Direito na USP em período integral

Trabalhar por que? Se nem os vereadores fazem isso, o O acadêmico em questão é Saulo Wellington Marchiori Magron, lotado no cargo de agente de administração
- PUBLICIDADE -