InícioEducaçãoAudiência para o retorno das aulas presenciais na rede municipal termina sem...

Audiência para o retorno das aulas presenciais na rede municipal termina sem solução

18 meses recebendo sem trabalhar, mas frequentando colônia de ferias, clubes e praias. Vida boa para quem pode ter os salários e benefícios garantidos

- continua após a publicidade -

Um novo encontro na segunda-feira, dia 16, entre Educação e Sindicato discutirá os critérios objetivos para a volta

A Justiça do Trabalho mediou a audiência de conciliação entre a Secretaria da Educação e o Sindicato dos Servidores Municipais de Ribeirão Preto, Guatapará e Pradópolis para debater o retorno das aulas presenciais na rede municipal de Ribeirão Preto nesta sexta-feira, dia 13 de agosto. Na reunião, foram apresentados os documentos que estão nos autos do processo, atestando o cumprimento dos quesitos solicitados na audiência do dia 25 de maio, onde foram definidos, entre as partes, como critérios para a volta das aulas presenciais, a vacinação integral dos profissionais da educação, a averiguação de todos os ambientes escolares e o transporte escolar, além da compra de todos os EPIs para os profissionais que trabalham em todas as Unidades Escolares.  

A Secretaria da Educação também apresentou uma proposta de retorno para o dia 23 de agosto com 50% dos alunos das escolas de ensino fundamental, que já foram vistoriadas pelos médicos infectologistas, contratados pela Pasta, que atestaram o retorno presencial de forma segura.

18 meses recebendo sem trabalhar, mas frequentando colônia de ferias, clubes e praias. Vida boa para quem pode ter os salários e benefícios garantidos

arquivo

“Trabalhamos para que o retorno das aulas na rede municipal seja o mais breve possível, precisamos nos lembrar dos 47 mil alunos da rede municipal, que estão sem aulas presenciais e desfavorecidos em relação aos alunos das escolas estaduais e particulares, que já retornaram com 100% dos estudantes nas salas de aula”, pontuou o secretário da educação, Felipe Elias Miguel.

Audiência – Até terça-feira, dia 17, a Educação juntará nos autos do processo uma nova proposta para avaliação do Sindicato. Além disso, a entidade visitará as escolas de ensino fundamental até o dia 20 para averiguar o que foi atestado pelos infectologistas e, até o dia 30 de agosto, todos os laudos serão entregues para avaliação do Sindicato.

Ainda de acordo com a decisão judicial, as partes podem acordar entre si as datas de retorno parcial ou integral, a qualquer momento, independente de homologação de acordo e apesar da liminar concedida, devendo comunicar nos autos para apreciação do Ministério Público do Trabalho e do juízo.

foto ebc
- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Retorno Presencial

A Educação trabalha desde o ano passado para que a volta das aulas presenciais ocorra de forma segura. Todas as unidades escolares já receberam os EPIs necessários: máscaras para alunos, professores e funcionários, face shields, aventais, termômetros infravermelhos, fita zebrada, sabonete líquido, água sanitária, álcool líquido e álcool em gel. Além disso, todas as escolas realizaram adequações necessárias para o retorno, tais como demarcações no solo, nos refeitórios, pátios, banheiros nas salas de aula, sanitização dos ambientes, bem como a aquisição de materiais para o cumprimento dos protocolos sanitários.

Vistorias

Nesta sexta-feira, dia 13 de agosto, 110 das 131 escolas da rede já foram avaliadas pelos médicos infectologistas da Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FAEPA). 

Vacinação Educação

Todos os profissionais da educação da rede municipal já receberam pelo menos a 1ª dose. Cerca de 50% já receberam a 2ª dose ou dose única.

Pesquisa Pais

Para ouvir a população, a Secretaria da Educação disponibilizou uma pesquisa on-line voltada aos pais e responsáveis dos alunos com o intuito de saber se são ou não favoráveis à volta das aulas presenciais. A consulta é uma forma de acompanhar a opinião dos responsáveis. Até o momento, cerca de 9.891pais responderam e 73% são favoráveis ao retorno contra 26% que não querem a volta presencial.

foto internet

Ensino Remoto

As aulas na rede municipal continuam, exclusivamente, de forma remota. Os alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental, EJA e Educação Especial têm à disposição o Google Classroom, aulas ao vivo na TV aberta, por meio do Programa Escola na TV, videoaulas, Whatsapp, Facebook, e o envio de material impresso como ferramentas para a aprendizagem e a comunicação com os professores.

Acesso à Internet

A Secretaria da Educação começou a entrega dos 23 mil chips com pacotes de dados móveis para os alunos e professores do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental e aos alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Além dos alunos, professores do Ensino Fundamental também começaram a receber o insumo. O cadastro está disponível no site da Educação e até o momento, 5 mil chips foram entregues.

foto ebc


AlimentAÇÃO
O Programa AlimentAÇÃO visa garantir a segurança alimentar dos alunos durante a suspensão das aulas presenciais, por meio da entrega de refeições completas para 12 mil estudantes cadastrados. Desde abril, cerca de 700 mil refeições foram entregues para os estudantes da rede Municipal.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Organização IYF e empresas parceiras adotam como missão o desenvolvimento social e econômico do país

A essência da responsabilidade social está em adotar atitudes benéficas e proativas para a sociedade e o meio ambiente.

Cerca de 40 mil pessoas não retornaram para receber a segunda dose da vacina contra Covid-19

Dados são Vigilância Epidemiológica, que conclama a população a procurar os postos de vacinação e manter o controle da doença

“Concertos Internacionais” apresenta homenagem a Astor Piazzolla

Concerto será transmitido no dia 23 de outubro, às 19h, como parte das comemorações de 91 anos do Theatro Pedro II

Nogueira quer que você receba agua do Rio Pardo nas torneiras

Hoje a agua do DAERP é do aquífero guarani, uma agua mineral será substituída por aguas do Rio Pardo. Você aprova esta mudança?

Atenção: Alerta para tentativa de golpe contra aposentados

Instituto de Previdência orienta beneficiários a não informar dados pessoais ou bancários
- PUBLICIDADE -