InícioEducaçãoApós quarentena escolar mais longa do mundo alunos da rede municipal retornam...

Após quarentena escolar mais longa do mundo alunos da rede municipal retornam às salas de aula

Cerca de 13 mil alunos voltaram às escolas nesta segunda-feira (20); somente profissionais imunizados há mais de 14 dias estão nos ambientes escolares

- continua após a publicidade -

Cerca de 13 mil alunos voltaram às escolas nesta segunda-feira (20); somente profissionais imunizados há mais de 14 dias estão nos ambientes escolares

As aulas presenciais na rede municipal de ensino de Ribeirão Preto retornaram nesta segunda-feira, dia 20 de setembro. Após um ano e meio longe da escola, cerca de 13 mil estudantes da educação infantil, ensino fundamental, educação especial e ensino de jovens e adultos começaram o processo gradual e progressivo de volta aos ambientes escolares.

foto ebc

Nesta terça-feira, 21, outro grupo com a mesma quantidade de alunos será recebido. Na educação infantil, neste primeiro momento, os estudantes que são do período integral foram divididos em dois turnos, indo um grupo de manhã e outro à tarde.

Após o cumprimento de todos os quesitos previstos na Ação Civil Coletiva e a assinatura do Termo de Acordo com o Sindicato dos Servidores Municipais, o retorno acontece somente com profissionais que tomaram a segunda dose da vacina contra COVID-19 há mais de 14 dias. Assim, cada unidade escolar se organizou para receber o número de estudantes compatível à quantidade de profissionais da educação que poderão trabalhar.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A partir de quarta-feira, dia 23, mais profissionais estarão aptos para o retorno nas escolas e, assim, mais alunos serão recepcionados. Até o dia 30 de setembro, a previsão é de que 80% dos funcionários estejam nas unidades escolares.

Tendo em vista que o retorno presencial demanda um processo de readaptação à rotina escolar e pedagógica, é fundamental que haja destaque ao acolhimento, tanto de professores e funcionários quanto dos estudantes. “Neste retorno, haverá o processo de acolhimento às famílias e aos estudantes, juntamente com orientações em relação às novas regras de convivência e protocolos a serem cumpridos”, explica o secretário da Educação, Felipe Elias Miguel.

Todas as 134 unidades escolares foram vistoriadas e laudadas por três médicos infectologistas contratados pela Secretaria da Educação, estando aptas, portanto,  a receber profissionais e alunos.  Além das vistorias nas escolas, os médicos também vistoriaram o transporte escolar, atestando o seu uso de acordo com protocolos estabelecidos. As unidades escolares também receberam os EPIs necessários, que são: máscaras para alunos, professores e funcionários, face shields, aventais, termômetros infravermelhos, água sanitária, álcool líquido e álcool em gel.

Retorno presencial gradual – Os alunos do ensino fundamental serão divididos em dois grupos (A e B, em atendimento presencial com até 50% da capacidade) e os alunos da educação infantil retornarão, excepcionalmente, com 50% da turma, em horário reduzido. A organização da escala de frequência dos grupos será realizada por cada unidade escolar. 

Estudantes que optarem pelo ensino exclusivamente remoto – Os educandos com comorbidades e os que optarem poderão ser atendidos integralmente por meios remotos. Esses estudantes deverão retirar roteiros de estudo ou outros materiais definidos pela escola semanalmente, realizando a entrega das atividades propostas sempre no momento da retirada das novas atividades. Para isso, os responsáveis por esses alunos deverão comparecer à unidade escolar para assinatura de Termo de Opção. 

Alimentação – A alimentação escolar voltará a ser ofertada apenas para os alunos que estiverem presencialmente nas escolas, cumprindo, assim, os protocolos sanitários que dispõem sobre o retorno. Com isso, a entrega das refeições por meio das marmitas ocorrerá exclusivamente uma vez por semana, no dia em que todos os alunos estiverem de forma remota.

Termo de Acordo – A Secretaria Municipal da Educação firmou um Termo de Acordo com o Sindicato dos Servidores Municipais de Ribeirão Preto, Guatapará e Pradopólis, com o objetivo de formalizar como se daria o retorno presencial, sendo progressivo, escalonado e seguro para as atividades educacionais presenciais da rede pública municipal de ensino, a partir do fiel cumprimento da sentença e das disposições pactuadas e em consonância com as demais normas de educação e segurança sanitária pertinentes.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Organização IYF e empresas parceiras adotam como missão o desenvolvimento social e econômico do país

A essência da responsabilidade social está em adotar atitudes benéficas e proativas para a sociedade e o meio ambiente.

Cerca de 40 mil pessoas não retornaram para receber a segunda dose da vacina contra Covid-19

Dados são Vigilância Epidemiológica, que conclama a população a procurar os postos de vacinação e manter o controle da doença

“Concertos Internacionais” apresenta homenagem a Astor Piazzolla

Concerto será transmitido no dia 23 de outubro, às 19h, como parte das comemorações de 91 anos do Theatro Pedro II

Nogueira quer que você receba agua do Rio Pardo nas torneiras

Hoje a agua do DAERP é do aquífero guarani, uma agua mineral será substituída por aguas do Rio Pardo. Você aprova esta mudança?

Atenção: Alerta para tentativa de golpe contra aposentados

Instituto de Previdência orienta beneficiários a não informar dados pessoais ou bancários
- PUBLICIDADE -