InícioEducação50 professores da rede municipal de ensino recusaram a vacina

50 professores da rede municipal de ensino recusaram a vacina

O desembargador Renato Henry Sant’anna, do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, na noite desta terça-feira (17) a decisão que proibia a volta das aulas na reme municipal.

- continua após a publicidade -

Prefeitura diz que somente os vacinados estão aptos para retorno.

O secretário da educação de Ribeirão Preto (SP), Felipe Elias Miguel, afirmou que 50 professores da rede municipal ainda não tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

A declaração foi dada a vereadores na terça-feira (17) durante reunião da Comissão Especial de Estudos (CEE) da Câmara que analisa os impactos da pandemia em Ribeirão Preto.

De acordo com Miguel, o assunto foi tratado em reunião na segunda-feira (16) sobre a volta às aulas presenciais com o Sindicato dos Servidores e com a medicina do trabalho na terça-feira.

Segundo a Prefeitura, a rede municipal tem cerca de 5 mil profissionais, dos quais 2 mil ainda não tomaram a segunda dose dos imunizantes da Pfizer e AstraZeneca, o que vai ocorrer somente em setembro, por conta dos prazos das vacinas.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Prefeitura consegue retorno na Justiça

O desembargador Renato Henry Sant’anna, do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, na noite desta terça-feira (17) a decisão que proibia a volta das aulas na reme municipal.

foto ebc

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

😢 Sob Aplausos e Forte Comoção, Corpo de Nahim é Enterrado em Miguelópolis 😢

🕊️ Família Atende Pedido Especial do Cantor em Seu Último Adeus 🕊️

Multinacional abre vagas para auxiliar de logística em Cravinhos

Candidaturas vão até o dia 30 de junho; não é necessário experiência anterior na função

USP Filarmônica apresenta a estreia mundial da ópera O Jovem Rei de Lucas Galon

"Como é estranho estar aqui", pensou o Jovem Rei, cuja mente estava em conflito ao descobrir o luxo e a responsabilidade de sua nova posição. A história fascinante de Oscar Wilde em O Jovem Rei nos transporta para o dilema
- PUBLICIDADE -