InícioEconomiaVídeo que circula nas redes sociais sobre recebimento de retorno em dinheiro...

Vídeo que circula nas redes sociais sobre recebimento de retorno em dinheiro de impostos federais é Fake News

No material homem diz que abasteceu R$ 150 em etanol, em Cuiabá (MT) e recebeu de volta R$ 37,50 em dinheiro, de impostos federais, o que não é verdade

- continua após a publicidade -

O Núcleo Postos Ribeirão Preto cumprindo o seu papel de manter a população e os consumidores constantemente informados sobre as políticas e as boas práticas de mercado de combustíveis e lojas de conveniência, esclarece o seguinte:


O vídeo que circula na internet/redes sociais sobre um homem que diz ter abastecido 150 reais em etanol, em Cuiabá (MT), e que recebeu de volta 37,50 reais de retorno, em dinheiro, de impostos federais, é falso, trata-se de FAKE NEWS.


O Núcleo informa que não houve desoneração do etanol e da gasolina e esclarece que o posto de gasolina não é contribuinte do Pis/Cofins logo, não tem como haver ressarcimento de qualquer forma.


Afirma, ainda, que ocorreu isenção do imposto federal, na verdade, apenas sobre o diesel, os demais combustíveis continuam com a carga de impostos de antes e, portanto, no período de 01/03 a 30/04 as alíquotas de PIS/CONFINS no óleo diesel e suas correntes estão zeradas (Decreto 10638/21). Ainda incide o valor de impostos de 13% referente à mistura de Biodiesel no Diesel

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -


O Núcleo Postos Ribeirão Preto e seus associados pedem, ainda, que os donos de postos de combustíveis mantenham esse texto impresso em local de fácil acesso aos colaboradores em caso de perguntas realizadas pelos clientes. É uma recomendação do Núcleo Postos Ribeirão Preto a todos os associados para que seja mantido sempre o compromisso de transparência com o consumidor.


Sobre o Núcleo Postos Ribeirão Preto – Iniciativa que reúne 85 postos de combustíveis de Ribeirão Preto, o equivalente a 50% do mercado local

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

STF julga liberação de crininosas para prender manifestantes de 8 de janeiro

Vão soltar criminosas para sobrar lugar para prender senhoras que se manifestavam dentro da constituição e acreditaram em um capitão e alguns generais

As críticas do New York Times a Moraes

O jornal norte-americano New York Times voltou a falar sobre o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Uma reportagem publicada neste domingo, 22,...

5 depredações da esquerda contra o patrimônio público

“Nunca vocês leram alguma notícia sobre um movimento ou partido de esquerda invadir o Congresso Nacional, a Suprema Corte ou o Palácio do Planalto”,...

Valor bloqueado de manifestantes sobe para R$ 18,5 milhões

A Justiça Federal autorizou hoje (21) novos bloqueios de bens de suspeitos de financiar os atos que resultaram na depredação dos prédios dos Três Poderes...

José Dirceu propõe reestruturar papel dos militares no Brasil

Militares precisam voltar para os quartéis e sair de órgãos do governo, sugere. José Dirceu de Oliveira e Silva, ex-ministro da Casa Civil de Lula,...
- PUBLICIDADE -