Início Economia Vendas do comércio de RP têm o primeiro resultado positivo de 2017

Vendas do comércio de RP têm o primeiro resultado positivo de 2017

- continua após a publicidade -

Pela primeira vez em 2017 as vendas do comércio de Ribeirão Preto apresentaram índices positivos. Julho de 2017 teve um leve crescimento de 0,08%, na comparação com o mesmo período do ano passado. O resultado interrompe uma sequência de seis meses consecutivos de variações negativas. É o que aponta a pesquisa Movimento do Comércio realizada pelo Sindicato do Comércio Varejista de Ribeirão Preto e Região (SINCOVARP).

Mesmo com este saldo positivo, para 50,0% das empresas entrevistadas, as vendas foram piores em julho de 2017 do que em julho de 2016 enquanto, 43,7% declararam o contrário e 6,3% disseram que foram equivalentes nos dois períodos. “Apesar de não ser um crescimento expressivo, o fato de termos um número positivo traz esperança para o varejo neste início de segundo semestre”, avalia Marcelo Bosi Rodrigues, economista do SINCOVARP, responsável pelo estudo.

Emprego

Segundo a pesquisa, houve aumento no número de postos de trabalho do comércio de 0,07% em julho de 2017. Entre as empresas entrevistadas, 95,8% mantiveram o número de empregados, enquanto 2,1% declararam que contrataram e o mesmo percentual, 2,1%, demitiu. Entre os setores, Tecidos/Enxoval contratou, aumentando seus quadros em 0,95%, enquanto Livraria/Papelaria demitiu, reduzindo seus quadros em –0,35%.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Setorial

Entre os setores, o melhor desempenho foi mostrado por Vestuário, com uma elevação de 6,52% em relação a julho de 2016, seguido por Tecidos/Enxoval(2,61%), Eletrodomésticos(2,24%) e Presentes (1,22%). Entre os segmentos com quedas, o pior resultado foi em Móveis (-6,62%), na sequência Livraria/Papelaria (–3,27%), Cine/Foto (–1,20%), Calçados (–0,76%) e Ótica (–0,05%).

Análise

O cenário econômico do comércio começa a esboçar uma reação, ainda frágil, mas é um começo. “O setor de vestuário tem se destacado dos demais, esboçando uma recuperação mais acentuada. Esse comportamento está relacionado com os valores dos produtos comercializados e com a característica de recorrência de seu consumo, uma vez que o consumidor está receoso e inseguro, deseja gastar pouco, não comprometendo a renda no longo prazo. Ele está comprando apenas o que considera necessário”, comenta Rodrigues.

Para o economista, as contratações, apesar de positivas foram tímidas. “Demonstram por parte do lojista a mesma indecisão vinda do consumo, com efetivações acontecendo apenas no sentido de repor a equipe que já está no seu limite inferior”, diz.

“De modo geral o quadro indica muita desconfiança e pouca ousadia, para consumidores e empresários. O ambiente político pouco colabora com a melhoria da percepção destes agentes. Estamos presos em um impasse que atinge diretamente o coração da economia: o setor produtivo e os cidadãos que trabalham, pagam impostos e sustentam toda essa máquina governamental. Eles não suportam mais o peso desta estrutura cara e ineficiente, mas quem poderia mudar isso, não está disposto a deixar seus privilégios de lado. A saída para a crise atual está diretamente relacionada com a capacidade de nossos governantes se reinventarem e diminuírem seu peso sobre o setor produtivo, mas esse processo tem se mostrado extremamente lento, o que tem levado, a uma também morosa recuperação econômica”, finaliza Rodrigues.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Lugar de criança é na rua: Justiça barra volta às aulas de Ribeirão Preto

Sindicato dos servidores acreditam que apenas quem tem condições de pagar escola particular, merece educação

Grupo de médicos e cientistas escreve Carta Aberta ao governo britânico solicitando auditoria imediata de mortes após vacinação no Reino Unido

Dados mostram que as mortes semanais em lares de idosos triplicaram nas duas semanas entre 8 e 22 de janeiro de 2021, em um momento em que houve um aumento maciço na taxa de vacinações

Nova linha de crédito da Caixa tem juros atrelados à poupança

Financiamentos serão de até 35 anos e valem para construção e reformas.

Inaugurada Escola de Educação Infantil Eduardo Diniz Junqueira

Creche está localizada no bairro Parque dos Pinus e atenderá 129 alunos de 0 a 3 anos

Ribeirão Preto abre agendamento para vacinação de idosos entre 80 e 84 anos

Imunização para a faixa etária se inicia nos dias 1º e 2 de março em 26 postos de vacinação da cidade
- PUBLICIDADE -