Início Economia Grupo SUS Francisco é vendido por R$ 5 bilhões para um grupo...

Grupo SUS Francisco é vendido por R$ 5 bilhões para um grupo cearense

- continua após a publicidade -

O Grupo São Francisco, que nasceu em Ribeirão, foi vendido para operadora de saúde Hapvida por R$ 5 bilhões.
A transação foi confirmada pelas duas empresas.

O grupo tem uma carteira com mais de 1,5 milhão de clientes, possui ainda oito hospitais e cerca de 100 unidades de atendimento em todo o país.

Criado em 1970, o Grupo São Francisco começou com a inauguração do Hospital São Francisco.
O grupo hoje é composto pelo Hospital São Francisco; a São Francisco Saúde, uma das maiores operadoras de planos de saúde do país; a São Francisco Odontologia, operadora de planos odontológicos de grande porte; a São Francisco Resgate, uma das maiores empresas do setor de resgate rodoviário, além da São Francisco Saúde Ocupacional.

A assessoria do grupo São Francisco informou que uma coletiva de imprensa será realizada no final da tarde desta terça-feira, inclusive para esclarecer como ficarão os planos de seus clientes.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Esposa de Daniel Silveira recebeu auxílio emergencial de maneira irregular

Político sendo político: Esposa do deputado trabalhando em cargo comissionado, recebe 5.600,00 por mês, mas não abriu mão do auxilio

Prefeitura de Ribeirão Preto poderá comprar vacina por conta

Enquanto Nogueira usou dinheiro enviado para combate ao Covid-19 para pagar funcionários públicos, agora um projeto populista que na pratica não funciona

Entidade pede ao STF liberação de cocaína para combater Covid-19

Ivermectina, cloroquina são um perigo para a saúde, mas a cocaína é a salvação na pandemia.

Governador do Texas Anuncia Fim das Restrições e Abertura Total da Economia

O governador também anunciou o fim do uso obrigatório de máscaras no Texas.

Lira: acordo com governadores destina R$ 14,5 bi para saúde

Será criado grupo para acompanhar fabricação de vacina no Brasil
- PUBLICIDADE -