Início Economia Cerca de R$ 35 milhões de brasileiros já receberam a primeira parcela...

Cerca de R$ 35 milhões de brasileiros já receberam a primeira parcela do auxílio emergencial

Pouco mais de duas semanas desde o início do programa, o banco creditou cerca de R$ 25 bilhões em benefícios

- continua após a publicidade -

Os dados mais recentes da Caixa Econômica Federal apontam que 35 milhões de brasileiros já receberam o pagamento de R$ 600 do Auxílio Emergencial do Governo Federal. Pouco mais de duas semanas desde o início do programa, o banco creditou cerca de R$ 25 bilhões em benefícios.

De 9 de abril até esta sexta-feira (24), cerca de 46 milhões de pessoas se cadastraram para receber o auxílio, criado para assistir trabalhadores informais, autônomos, desempregados e microempreendedores individuais (MEI) durante a pandemia do novo coronavírus.

arquivo

O governo federal vai conceder o valor de R$ 600 a essas categorias por três meses.

De acordo com o Ministério da Cidadania, boa parte das pessoas que têm direito ao benefício já receberam a primeira parcela.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

No entanto, muitos brasileiros ainda devem receber a quantia nos próximos dias. O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, garantiu que todos aqueles que foram elegíveis vão receber o benefício.

“Nenhum país fez um movimento deste tamanho com tanta segurança, rapidez e atingindo aqueles que verdadeiramente mais precisam. Nós estamos dando condições para que o estado brasileiro possa enxergar estes que agora são visíveis e até algumas semanas eram invisíveis da economia brasileira.  Não iremos deixar nenhum brasileiro para trás e vamos atingir a todos, estejam em que condição estiverem, com esse auxílio que é vital para a sobrevivência neste momento”. 

A Caixa informou que o site para cadastro e acompanhamento do auxílio emergencial já recebeu mais de 275 milhões de acessos e que a central de atendimento por ligações recebeu cerca de 72 milhões de chamadas.

Os números expressivos também são ilustrados pelo número de pessoas que nunca tiveram conta bancária e passam a ter para receber o auxílio.

Segundo Pedro Guimarães, presidente da entidade, a Caixa criou contas bancárias gratuitas para mais de 30 milhões de brasileiros desde o início do benefício. Ele afirma que esse será um dos legados que vai se estender após a pandemia. 

foto arquivo

“Após essa crise de saúde, nós teremos o orgulho de que mais de 30 milhões de pessoas que não tinham conta em banco até duas semanas atrás e, como consequência, eram vítimas de se cobrar mais de 20% ao mês, passam a fazer parte de um sistema com contas de graça na Caixa e, após essa crise, poderão tomar dinheiro [emprestado] a taxas muito inferiores. Isso é uma grande vitória”.

A Caixa também informou que as pessoas que tiveram o auxílio negado por alguma inconsistência no cadastro e que acham que a avaliação foi errada, podem recorrer e preencher um novo formulário pelo site auxilio.caixa.gov.br ou pelo aplicativo CAIXA/Auxilio Emergencial. 

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Suicídio e depressão: questões individuais ou coletivas?

No entanto, quando a Organização Mundial da Saúde declara a depressão como o mal do século e as taxas de suicídio se elevam consideravelmente em épocas de crise e especialmente agora

Mesmo sem isolamento estado de SP completa 10 semanas queda de internações por coronavírus

Indicadores de saúde também apontam que os óbitos voltaram a diminuir, com queda de 16% em relação à semana anterior

Oficina educativa encerra programação mensal do Museu Casa de Portinari

Lúdicas, instrutivas e divertidas, as oficinas são ótimas ferramentas para ensinar conceitos básicos educacionais e sociais às crianças.

O que todos os candidatos e candidatas precisam saber para as eleições de 2020

O principal objetivo dos políticos é convencer o seu eleitor através de um discurso claro, conciso e eficiente.

Shopping Iguatemi Ribeirão Preto celebra sete anos com novidades para os próximos meses

Seguindo a proposta de ir além de um centro de compras, o Shopping Iguatemi Ribeirão Preto completa neste dia 30 de setembro sete anos de operação.