Início Economia A esquerda vai surtar mas não com coronavírus: Trump anuncia ajuda de...

A esquerda vai surtar mas não com coronavírus: Trump anuncia ajuda de 60 bilhões de dólares ao Brasil

É bem provavel que Globo, Folha, Uol, EPTV, e outros jornais a serviço do mau do Brasil, encontrarão algo negativo nesta noticia.

- continua após a publicidade -

Trump anuncia ajuda de 60 bilhões de dólares ao Brasil, para desespero dos “conspiradores”

O banco central dos Estados Unidos, chamado de Federal Reserve, anunciou a liberação de ajuda financeira para nove países nesta quinta-feira (19).

Entre eles está o Brasil, que pode receber até 60 bilhões de dólares (aproximadamente R$ 300 bilhões). No total, cerca de 450 bilhões de dólares serão dispensados.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O órgão também aceitará outras moedas como garantia em troca de dólares.

Os países anunciados como futuros ajudados são Austrália, Brasil, Coreia do Sul, México, Singapura, Suécia, Dinamarca, Noruega e Nova Zelândia. O Fed não informou quando começará a liberação da verba.

Enquanto o Brasil, na era Lula e Dilma, enviaram bilhões para ditadores, o pais agora recebe apoio do símbolo capitalista.

Qual historia queremos ver se repetindo?

Calando a boca da oposição mais uma vez.

arquivo
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Covidão: Policia cumpre 260 mandados de busca e 57 mandados de prisão por desvio da saúde

Fraude em licitações, falsidade ideológica, peculato, corrupção passiva, corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Adrenocromo: o que é, como é feita e toda a polêmica em torno dela

A verdade por trás de uma das substâncias mais polêmicas da atualidade

Após auxilio emergencial Bolsonaro cria renda cidadã para 2021

Bolsonaro confirma programa que vai substituir o Bolsa Família

Dia Mundial do Coração conscientiza população sobre problemas cardiovasculares

Em 29 de setembro é comemorado o Dia Mundial do Coração. Criada pela Federação Mundial do Coração com objetivo de conscientizar a população

Suicídio e depressão: questões individuais ou coletivas?

No entanto, quando a Organização Mundial da Saúde declara a depressão como o mal do século e as taxas de suicídio se elevam consideravelmente em épocas de crise e especialmente agora