InícioDiversosVala comum com milhares de vítimas de Stalin é encontrada na Ucrânia

Vala comum com milhares de vítimas de Stalin é encontrada na Ucrânia

Até agora, ossos de 5.000 a 8.000 pessoas foram encontrados em uma área próxima ao aeroporto de Odessa. “o grande expurgo” ou “o grande terror”.

- continua após a publicidade -

Os restos mortais de milhares de pessoas que se acredita serem vítimas do regime do ex-líder soviético Joseph Stalin foram encontrados em valas comuns na cidade de Odessa, no sul da Ucrânia, disseram autoridades ucranianas na quarta-feira.

Até agora, ossos de 5.000 a 8.000 pessoas foram encontrados em uma área próxima ao aeroporto de Odessa. Portanto, no geral, é uma das maiores valas comuns já encontradas na Ucrânia.

As vítimas provavelmente foram executadas pela polícia secreta de Stalin na década de 1930, segundo Sergij Gutsaljuk, chefe regional do Instituto de Memória Nacional da Ucrânia. As execuções podem ser datadas dos anos 1937-1939, quando Stalin lançou o que é descrito como “o grande expurgo” ou “o grande terror”. Ele acrescenta que mais vítimas podem ser encontradas à medida que as escavações continuam.

Os muitos corpos foram encontrados quando os trabalhos de expansão do aeroporto de Odessa começaram. No passado, outras valas comuns foram encontradas na mesma área, informa Gutsaljuk.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Não se sabe quais são as nacionalidades das vítimas. Também não se sabe por quais crimes eles podem ter sido condenados, diz ele.

arquivo

Genocídio considerado

Historiadores ucranianos estimam que centenas de milhares de ucranianos foram presos ou executados em campos do gulag durante a época de Stalin. Vários milhões de ucranianos morreram de fome em 1932-33. A Ucrânia considera isso um genocídio perpetrado pelo regime de Stalin.

Provavelmente será impossível identificar os milhares de mortos que agora estão sendo resgatados das valas comuns de Odessa. Os documentos desse período ainda são confidenciais e são mantidos na capital da Rússia, Moscou.

“Esses documentos nunca serão entregues a nós pelo atual governo da Rússia”, disse Gutsaljuk.

As relações entre a Ucrânia e a Rússia deterioraram-se drasticamente quando a Rússia anexou a península da Crimeia em 2014.

FOTO DIVULGAÇÃO

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Fábrica clandestina de cigarros é fechada

O espaço era grande e tinha total estrutura para produção irregular dos cigarros e até mesmo para venda com "Caixas, maquinários, embalagens, uma estrutura completa.

Ipem-SP detecta fraude em veículo-tanque em Ribeirão Preto

A Polícia Militar foi acionada após a constatação da fraude

SÃO TOMÉ DAS LETRAS: O QUE FAZER NA CIDADE MÍSTICA DE MINAS GERAIS

Dica de turismo para você fugir da cidade e passar um final de semana ou se programar para o próximo feriado.

Museu Casa de Portinari promove Música no Coreto, neste sábado (18)

Realizada na praça Martim Moreira, a apresentação contará com repertório de música popular; gratuita e respeitando todos os protocolos de segurança

ShoppingSantaÚrsula recebe a exposição “Arte que Fala”

Com curadoria da artista plástica e educadora Cristiane Cordeiro, mostra reúne cinco latas ilustrativas, com uma mensagem e link para palestras que fizeram parte da Feira Internacional do Livro 2021
- PUBLICIDADE -