InícioDiversosLei que simplifica concessão de título de entidade de utilidade pública é...

Lei que simplifica concessão de título de entidade de utilidade pública é sancionada em Ribeirão Preto

A concessão do título de utilidade pública a entidades, associações e fundações é importante pois confere às beneficiadas o reconhecimento do poder público

- continua após a publicidade -

O projeto, de autoria do vereador Matheus Moreno, tem por objetivo desburocratizar legislação e valorizar o trabalho socioassistencial de entidades

Associações civis e fundações privadas sem fins lucrativos e econômicos poderão obter mais facilmente o título de entidade de utilidade pública com a aprovação do Projeto de Lei 14.637, de autoria do vereador e 1º secretário da Mesa Diretora Matheus Moreno (MDB), sancionado e publicado no Diário Oficial de 16 de dezembro.

Na prática, o novo projeto revoga a legislação vigente que trata do assunto, cujas leis 5.715/1992 e 6.216/1992 já estavam obsoletas.

“As entidades sociais já desempenham um papel fundamental como terceiro setor, atendendo uma parte importante de pessoas em diferentes situações de vulnerabilidade. Os documentos que serão requisitados a partir de agora são mais simples, da rotina comum das Entidades e menos complicados de serem obtidos. ”, afirma Moreno.

Foto : Divulgação

As entidades sociais que poderão ser beneficiadas com a titulação de entidade pública municipal são todas àquelas que desenvolvem ações de atendimento, assessoramento, defesa e garantia de direitos, desenvolvimento social e comunitário, como por exemplo o trabalho voluntário direcionado a pessoas em situação de vulnerabilidade ou risco social e econômico.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Duas características marcam as entidades tituladas como de Utilidade Pública: o voluntariado de seus dirigentes e a oferta de seus serviços à comunidade de forma gratuita e desinteressada, sempre na perspectiva da solidariedade, da fraternidade e da responsabilidade social e comunitária delas e de quem nelas atua.

As organizações interessadas também precisarão comprovar o funcionamento de forma continuada por no mínimo dois anos e não remunerar os dirigentes, mantenedores ou associados por suas gestões administrativas. Entre outras solicitações presentes na lei.

A concessão do título de utilidade pública a entidades, associações e fundações é importante pois confere às beneficiadas o reconhecimento do poder público e a comprovação que o trabalho realizado está em consonância com o objetivo social declarado. 

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Show da cantora Fernanda Marx acontece quarta-feira (01) Teatro Municipal de Ribeirão Preto

O show da turnê “Flor de Café 10 anos”, da cantora e compositora Fernanda Marx, marcado para ocorrer no dia 1º de junho, às...

Centro Cultural Palace recebe exposição sobre o Centenário da Semana de Arte Moderna

Exposição da ETEC de Ribeirão Preto está no Salão Mármore; visitação é aberta ao público e vai até o final de mês maio

Ribeirão Preto receberá Festival Paralímpico pelo terceiro ano

Cidade é sede do Centro de Referência Paralímpico, o que lhe confere posição de destaque entre outros municípios

Programa Inclusão Produtiva está com vagas abertas

Cursos são gratuitos e voltados para pessoas desempregadas; as vagas são limitadas

Méqui Fest: McDonald’s prepara festival de ofertas para a semana do hambúrguer e da batata

Clientes podem se deliciar com promoções imperdíveis, exclusivas no app da marca
- PUBLICIDADE -