InícioDiversosGuaratinguetá dará cloroquina em casa a pacientes com sintomas leves de covid-19

Guaratinguetá dará cloroquina em casa a pacientes com sintomas leves de covid-19

- continua após a publicidade -

Pacientes com sintomas leves da covid-19 serão tratados em casa com hidroxicloroquina, em Guaratinguetá, no interior de São Paulo.

Conforme anúncio foi feito em redes sociais, nesta sexta-feira, 15, pelo prefeito Marcus Soliva (PSB) a cidade de 121 mil habitantes será a primeira a fazer tratamento domiciliar com o uso da droga.

Médicos e pesquisadores não recomendam o uso do medicamento para pacientes com sintomas leves de coronavírus – o Ministério da Saúde admite o uso para pacientes em estado grave ou crítico.

foto internet

Conforme o prefeito de Guaratinguetá, estudos indicam que, para tratar pacientes ainda na fase viral (primeira fase) contaminados pelo coronavírus, a hidroxicloroquina, azitromicina e sulfato de zinco são eficientes.

“Diante disso, nossa Secretaria da Saúde está iniciando um novo protocolo tratando os pacientes com esses medicamentos em domicílio (pacientes na primeira fase do vírus), evitando a ida aos hospitais, já que o tratamento pode ser feito em casa por um profissional da rede de saúde pública”, postou.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Dois lotes de parques municipais serão administrados por iniciativas privadas

Gestão e encerramento do contrato (até cinco anos de contrato com a possibilidade de prorrogação por mais cinco anos).

Ribeirão Preto estende abertura do comércio a partir desta sexta-feira, dia 30

Medida se antecipa ao Plano São Paulo. Veja como ficam os horários.

GCMs realizam doação de sangue em Ribeirão Preto

Ação contribuiu com o estoque de sangue do hospital São Lucas; tipos O-, O+ e A - são os mais críticos, com menos da metade das bolsas necessárias

Brasil gera 309 mil empregos formais em junho

Governo deve lançar programas para inclusão de jovens no mercado

Anvisa alerta sobre casos de Guillain-Barré após vacinação

A Anvisa explica que a SGB é um distúrbio neurológico autoimune raro, no qual o sistema imunológico danifica as células nervosas.
- PUBLICIDADE -