InícioDiversosBotafogo perde do Mirassol no Santão

Botafogo perde do Mirassol no Santão

Agora, o Pantera volta a campo no dia 20, quando enfrenta o Ypiranga, às 11h, no Estádio Colosso da Lagoa, em Erechim.

- continua após a publicidade -

O Botafogo perdeu do Mirassol por 3 a 1, neste sábado (12), no Estádio Santa Cruz, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série C.

Com o resultado, o Tricolor permanece na terceira colocação, com seis pontos –um a menos do que o Novorizontino, que está na liderança.

Com seis pontos também, o Ypiranga-RS é o segundo colocado. O time gaúcho tem um jogo a menos –enfrenta o Criciúma neste domingo, fora de casa.

Agora, o Pantera volta a campo no dia 20, quando enfrenta o Ypiranga, às 11h, no Estádio Colosso da Lagoa, em Erechim.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O JOGO

O treinador Argel Fuchs manteve praticamente a mesma formação dos dois primeiros jogos. A única mudança desta vez foi a entrada de Bolt no lugar de Emerson, lesionado.

Assim, o Botafogo começou pressionando a saída de bola do adversário. Com seis minutos, o Tricolor chegou três vezes com perigo.

Logo no primeiro minuto, Pará ficou com a sobra na entrada da área e concluiu, mas o goleiro Matheus Aurélio defendeu. Quatro minutos depois, Fabão completou uma cobrança de escanteio para fora. Na sequência, Gustavo Xuxa recuperou a jogada na intermediária e enfiou linda para para Neto Pessôa, que demorou para concluir e foi travado pela defesa adversária.

Já o Mirassol marcava forte e tentava apostar nos contra-ataques. Aos 29 minutos, o time visitante quase abriu o placar. Foguinho cruzou da esquerda e ninguém completou. Dois minutos depois, a jogada se repetiu. Foguinho cruzou e Giovani desviou para fazer: 1 a 0.

O Tricolor saiu para o jogo e ameaçou em chute de Pará e cabeçada de Neto Pessôa.

Porém, o Mirassol ampliou com Giovani após cruzamento rasteiro de Jeferson.

No segundo tempo, o Pantera voltou com três alterações. Argel colocou Diego Guerra, Caetano e Rafael Tavares nos lugares de Matheus Santos, Victor Bolt e Luketa, respectivamente.

O Botafogo teve o domínio territorial, mas não conseguia completar a jogada. Já o Mirassol ampliou. Aos 37 minutos, Léo Silva carregou a bola e enfiou para Macena tocar na saída de Igor Bohn: 3 a 0.

O Tricolor continuou insistindo e diminuiu nos acréscimos do segundo tempo com Hélio Paraíba, que completou uma cobrança de escanteio.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO X MIRASSOL
LOCAL: ESTÁDIO SANTA CRUZ
DATA: 12 de junho, sábado
HORÁRIO: 17h (de Brasília)
ÁRBITRO: Osimar Moreira da Silva
ASSISTENTES: Tiago Gomes da Silva e Adriano Eterno de Jesus Mendes

GOLS: Giovani, aos 31 minutos do primeiro tempo (Mirassol); Giovani, aos 40 minutos do primeiro tempo (Mirassol); Macena, aos 37 minutos do segundo tempo (Mirassol); Hélio Paraíba, aos 47 minutos do segundo tempo (Botafogo)

CARTÕES AMARELOS: Victor Bolt, Rafael Tavares e Fabão (Botafogo); Matheus Anderson, Lucas Silva, Bruno Xavier e Rafael Macena (Mirassol)

BOTAFOGO: Igor Bohn; Rodrigo, Fabão, Matheus Santos (Diego Guerra) e Pará; Victor Bolt (Caetano), John Everson e Gustavo Xuxa; Luketa (Rafael Tavares), Neto Pessôa (Hélio Paraíba) e Bruno Michel (Ariel). Técnico: Argel Fuchs.

MIRASSOL: Matheus Aurélio; Jeferson, Renan Diniz, Renan Dutra e Foguinho; Daniel, Bruno Xavier (Rafael Macena) e Neto Moura; Fabrício (Matheus Anderson), Giovani (Lucas Silva) e Rafael Silva. Técnico: Eduardo Baptista

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Aquário Municipal é reaberto para visitação em Ribeirão Preto

Para a reabertura, além de nova decoração externa, foi feita a substituição da iluminação interna

Ribeirão Preto terá Centro de Saúde Mental com atendimento 24 horas

Projeto foi apresentado e aprovado pelo Conselho Municipal de Saúde; serviço será implantado no prédio da UBDS Central

Olimpíada: em treze dias, Brasil soma 15 medalhas, sendo 4 de ouro

Com Ana Marcela, Brasil bate recorde de mulheres medalhistas, e provavel que Brasil bata recorde de medalhas em todas participações.

Buraco, vazamento de esgoto e pedidos de roçada figuram entre principais reclamações de munícipes

Fica evidente a quantidade de problemas a resolver em Ribeirão Preto e a grande expectativa do cidadão em obter resposta e solução para suas demandas"

Serrana: 100% vacinada em adultos suspende aulas por contaminação de crianças

Os casos positivos são de crianças e adolescentes que foram infectados fora do ambiente escolar.
- PUBLICIDADE -