InícioDiversosACIS completa 53 anos de dedicação ao setor empresarial sertanezino; conheça a...

ACIS completa 53 anos de dedicação ao setor empresarial sertanezino; conheça a história da entidade

Fundada em 25 de maio de 1969, na época contou com a adesão de 70 associados. Os comerciantes locais sentiam dificuldades de se organizar para enfrentar determinados problemas

- continua após a publicidade -

Na próxima quarta-feira, dia 25, uma das mais importantes entidades da região, a Associação Comercial e Industrial de Sertãozinho (ACIS), completa 53 anos de fundação. Reconhecida por sua atuação, a ACIS carrega em sua história momentos marcantes para o desenvolvimento econômico da cidade.

Fundada em 25 de maio de 1969, na época contou com a adesão de 70 associados. Os comerciantes locais sentiam dificuldades de se organizar para enfrentar determinados problemas e, por falta de uma entidade na cidade, recorriam à Associação Comercial de Ribeirão Preto.

Uma das primeiras ações da ACIS foi a adoção da “semana inglesa”, por volta de 1973, que consistia na padronização do funcionamento do comércio, de segunda a sexta-feira, o dia inteiro, e também aos sábados, com fechamento das lojas ao meio-dia.

Poucos anos depois, em 1976, por meio do trabalho da ACIS, foi possível implantar uma agência do Banco do Brasil no município, para facilitar os serviços bancários aos comerciantes e munícipes que, na época, tinham que se deslocar para Ribeirão Preto ou Jaboticabal.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Após obter efetivamente bons resultados, a entidade passou a ganhar novos associados. Vale destacar que, um dos principais atrativos na época foi a segurança que o SPC – Serviço de Proteção ao Crédito (atual SCPC) proporcionava às vendas a prazo.

A primeira promoção organizada pela ACIS aconteceu em 5 de dezembro de 1985 em homenagem ao “Dia do Freguês” – o objetivo era atrair os consumidores, por meio de descontos e incentivos, a comprarem no comércio local. A atividade também estava associada à comemoração do aniversário de Sertãozinho.  

E foi em 1987 que, pela primeira vez, um carro se tornou o grande destaque e foi o principal prêmio na promoção “Campanha Final de Ano”.

Ainda durante meados de 1988, foi instalado o primeiro sistema de consulta de cheques. O computador era interligado ao Banco Central (serviço Telecheque). A modalidade, que era considerada um avanço tecnológico para época, foi mais um dos benefícios que a ACIS oferecia aos seus associados.  

Provando estar ao lado da população sertanezina, em 1990, com mais um esforço da ACIS, foi instalado na cidade o Fórum do Trabalho. Em 1992, a entidade conseguiu articular junto ao Banco do Brasil e à Federação de Associações do Estado de São Paulo (Facesp) a realização da negociação de dívidas de empresas de Sertãozinho.

Vale destacar que, ao longo de sua história, a ACIS teve importantes nomes em sua presidência, tais como Gabriel José Pinto, Moacir Fernandes, Jayme Moisés, Osvaldo Pontes, José Alberto Gimenez, Sebastião Edson Savegnago, Ulisses Grola, José Augusto Viel, Rafael Iazeta Filho, Antônio Paulo Manini, Paulo Roberto Tadeu Menechelli, Paulo Henrique Andrucioli, Geraldo José Zanandréa, Paulo Roberto Scaranelo e Rodolfo Savegnago. Atualmente, a entidade é presidida pelo empresário Rafinha Iazetta.

“É oportuno trazermos luz sobre a história da ACIS, pois muitos negócios, especialmente os mais recentes, podem não ter ideia do quanto esta entidade foi (e ainda é) importante para o desenvolvimento de nossa cidade. A Associação Comercial possui meios técnicos e legais para fortalecer o comércio e o empresariado local, mas, em contrapartida, necessita do apoio e do envolvimento dos empresários”, destaca o presidente Rafinha Iazetta, que tem vivenciado muitos desafios em sua gestão à frente da ACIS, a qual foi marcada pela crise econômica desencadeada pela pandemia e, agora, os esforços para a retomada econômica do comércio local.

“Nossa diretoria tem trabalhado com muito afinco, acreditando em um novo conceito de atuação para a ACIS, que fomenta os negócios locais, seja através de ações de capacitação ou de marketing, mas que também envolve um engajamento real junto à responsabilidade social. De um modo geral, só temos a agradecer pela credibilidade que conquistamos junto ao empresariado local”, destacou Rafinha.

E para celebrar seu aniversário de 53 anos, a primeira grande reforma da sede da ACIS desde a sua inauguração está prestes a ser concluída. Além disso, com muita seriedade e transparência, a entidade está promovendo a maior campanha de sua história: “ACIS Compra Premiada”, cuja premiação chega a R$ 300 mil.

E falando em prêmios, está chegando a hora do sorteio da promoção “Mês das Mães”, que será realizado no próximo dia 31, às 10h, quando quatro consumidores do comércio sertanezino serão contemplados com 1 moto Yamaha Neo Scooter 0 km e 3 bicicletas Alfameq – Aro 29.

Os cupons para esta apuração podem ser cadastrados até o dia 30/05; portanto, ainda há chances de comprar no comércio de Sertãozinho e concorrer não só à premiação principal da promoção, como também aos diversos vales-compras, cujos valores variam entre R$ 50 e R$ 500.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

O nosso adeus a Miguel Liporassi

Ribeirão Preto perde Miguel Liporassi: Não era polêmico nem agressivo, era respeitado pela qualidade, voz e equilíbrio nos comentários. E pela postura com os colegas, leal, ficava longe das intrigas de bastidores.

PREVISÕES DO TAROT EM JULHO DE 2022

As previsões para Julho de 2022, trazem transformação nas finanças, amor, relação familiar

Vice de Lula tem novamente bens bloqueados pelo Ministerio Publico

Justiça Eleitoral determina bloqueio de R$ 11,3 milhões em bens de Geraldo Alckmin no caso Odebrech

Multas no corredor de onibus da Vargas começa nesta Segunda-feira (4)

Conforme o Código de Trânsito Brasileiro, transitar pela faixa exclusiva de ônibus é considerada infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e perda de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Congresso mundial online reunirá milhões de pessoas para falar sobre “paz”

Como sentir paz e tranquilidade apesar dos desafios provocados pelo aumento do custo de vida, da violência, dos desastres naturais, do ódio e das guerras?
- PUBLICIDADE -