InícioDiversãoProdutos para a fabricação de slime em casa movimentam mercado

Produtos para a fabricação de slime em casa movimentam mercado

- continua após a publicidade -

Slime! Você já ouviu falar dele? Febre entre a garotada, slime nada mais é que a reinvenção da geleca ou aquele produto chamado de “amoeba”, popular nos anos 80. A diferença é que agora existem várias receitas que dão à mistura uma infinidade de texturas, cores e elasticidade e podem ser feitas em casa sendo uma ótima opção para o período de férias.

Além de estimular nas crianças a criatividade e contribuir com o desenvolvimento motor e cognitivo, entre outros aspectos, a sua produção movimenta as vendas das matérias-primas. A base da fabricação leva cola e água boricada o que levou a uma alta procura dos itens em farmácias e papelarias. Na Kalunga do Shopping Iguatemi Ribeirão Preto, por exemplo, a venda de tubos de cola branca, entre os meses de janeiro e novembro, mais do que dobrou em relação a 2017 inteiro.

“Tivemos um aumento de 180% na venda de cola branca no período de janeiro até novembro, em relação ao ano passado inteiro. Para atender a necessidade das crianças e pais que buscam mais esta opção de diversão investimos, desde outubro, em um novo fornecedor de colas transparentes – especializado em Slime – e corantes de diversas cores”, comenta Camila Guadagnucci gerente da loja.

Outros itens que também tiveram uma alta demanda foram glitter e brocal com o crescimento de 60% e 240%, respectivamente, em média nas vendas.

Novas misturas

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A onda dos slimes acumula números. No Youtube já são mais de 60 milhões de vídeos com receitas que levam ingredientes como cola (branca e transparente), corantes, glitter, essências, espumas de barbear, sabonete líquido, hidratantes, amido de milho, bolinhas de isopor, objetos pequenos de diferentes formas, entre outros.

Como ganhou novas combinações e ficou mais estilosa, a geleca também incentivou a criação de nichos específicos de negócios, lojas e serviços. O quiosque da franquia Fluffy Point inaugurado em novembro no Shopping Iguatemi já chegou também a 17 cidades do estado de São Paulo. O espaço especializado, além de contar com diversos produtos, slimes prontos e kits para a fabricação também oferece para as crianças as oficinas de fabricação do brinquedo.

“O slime é uma moda que realmente conquistou crianças, pré-adolescentes e acaba envolvendo toda a família. Neste período de férias, contamos com oficinas de slime em diferentes espaços do shopping e a movimentação em busca de produtos para a fabricação é ainda mais intensa neste período”, comenta Manoela Whitaker, gerente de marketing do Shopping Iguatemi.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Governo Lula Suspende ou Encerra Mais de 57 mil Benefícios do INSS

Essas ações de monitoramento resultaram em um impacto financeiro de R$ 750,85 milhões, referentes a pagamentos. Isso inclui bloqueio de crédito, suspensão ou cessação de benefícios.

BC Aperfeiçoa Segurança do Pix e Define Data para Pix Automático

Para pagadores, o Pix Automático oferece uma forma de pagamento recorrente sem necessidade de autenticação a cada transação, mediante autorização prévia.

Educação de SP divulga datas do Provão Paulista Seriado 2024

Para a 3ª série do Ensino Médio, a prova que dá acesso direto ao ensino superior será aplicada em 30 e 31 de outubro; Saresp para Ensino Fundamental também tem datas definidas

Após 12 Anos, BNDES Abre Concurso para Nível Superior com Cotas para Pessoas Negras e PcD

Este concurso oferece 150 vagas imediatas e outras 750 para formação de cadastro de reserva. O edital foi publicado nesta segunda-feira, 22 de julho, no Diário Oficial da União e está

Nipah: Causas e Sintomas do Vírus Sem Cura com Potencial Pandêmico

Não há tratamentos específicos ou vacinas para o vírus Nipah. O protocolo atual para os infectados é controlar os sintomas, como convulsões e pneumonia.
- PUBLICIDADE -