InícioDiversãoFestas e ShowsSertanejo de luto:Juliano Cezar morre durante um show

Sertanejo de luto:Juliano Cezar morre durante um show

Nem São Paulo, nem Rio de Janeiro ou qualquer outra capital do País. O cowboy vagabundo, escolheu para viver em Ribeirão Preto

- continua após a publicidade -

Cantor Juliano Cezar, de 59 anos, morre no momento que realizava um show no início da madrugada de terça feira, (31/12) na Cidade de Uniflor, á 54 km de Maringá no Paraná.

Juliano iniciou a carreira em 1985, após ter sido peão de rodeio e fazendeiro, Nascido em Passos, Estado de Minas Gerais, sempre foi amante da música Raiz. Fez muito sucesso na carreira com músicas marcantes, entre elas, ( Rumo a São Paulo).

Juliano Cezar, teve um infarto Fulminante, ainda no palco, no momento que cantava em uma festa da cidade de Uniflor – PR, realizada pelo município, no último dia do ano.No vídeo aparece o cantor caindo atrás do sanfoneiro da banda. Não fomos informados e ele recebeu o suporte nescessário de algum paramédico, pois nessas festas, é obrigatório por lei, uma ambulância de resgate/socorro, permanecer no local junto com a polícia militar.

A organização da festa não se pronunciou sobre essa fatalidade. O do corpo do cantou será encaminhado para sua cidade de origem!!

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

No final da década de 80 mudou-se para São Paulo e, em 1990 lançou seu primeiro disco por uma gravadora, dessa vez com composições suas, além do sucesso “Não aprendi dizer adeus” de Joel Marques, posteriormente regravado por Leandro e Leonardo. Por esse disco, Juliano ganhou o Prêmio Sharp de cantor revelação. Depois de cinco anos sem gravar e de uma viagem a Nashville, Meca do country, onde manteve contato com os papas do gênero, Juliano lançou, em 1997, seu primeiro disco pela Paradoxx, já totalmente dedicado à música country

Nem São Paulo, nem Rio de Janeiro ou qualquer outra capital do País. O cantor sertanejo Juliano Cezar escolheu para viver a cidade de Ribeirão Preto

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

A economia a “gente vê depois” leva mais de 2 milhões a extrema pobreza

Pelo menos 2 milhões de famílias brasileiras tiveram a renda reduzida e caíram para a extrema pobreza entre janeiro de 2019 e junho deste...

Quem foi vacinado com coronavac continua proibido de entrar em países que aceitam turistas

A santa medicação do Doria, continua proibida em vários países que já abriram suas fronteiras. E como ficam os imunizados que precisam viajar?

‘Sofrimento global’ faz buscas por ajuda emocional e prevenção ao suicídio aumentarem

Psicológicos relatam aumento de transtornos alimentares e psicológicos na pandemia e falam em ‘crises potencializadas’; Centro de Valorização da Vida registrou 147 mil atendimentos a mais apenas em 2020

Dirigente do Botafogo esquece a tradição e coloca o time entre os da várzea

Agora a torcida vai precisar trocar os bumbos e tambores por rosário, bíblia e agua benta, se não quiser estar ao lado do Leão

Governo federal anuncia dose de reforço para profissionais de saúde

Aplicação extra ocorrerá a partir de seis meses da imunização completa
- PUBLICIDADE -