InícioClimaEclipse lunar mais longo do século XXI poderá ser observado em julho

Eclipse lunar mais longo do século XXI poderá ser observado em julho

- continua após a publicidade -

O eclipse lunar mais longo do século XXI, que terá um total de 102 minutos, poderá ser observado em 27 de julho e o Instituto de Astrofísica das Canárias (IAC, no arquipélago espanhol no Atlântico) transmitirá ao vivo desde a Namíbia através do canal “sky-live.tv”.

A transmissão ao vivo deste eclipse total da lua será realizada com a colaboração do projeto europeu STARS4ALL e do Observatório de altas energias HESS, informou nesta sexta-feira o IAC por meio de um comunicado.

Os eclipses lunares acontecem quando o satélite terrestre é ocultado pela sombra da Terra, o que não ocorre todos os meses, porque a órbita lunar está inclinada com relação à da Terra (eclípctica).

Ao contrário dos eclipses solares, os lunares são visíveis desde qualquer lugar do mundo, uma vez que a Lua está sobre o horizonte no momento do eclipse, explicou o Instituto de Astrofísica das Canárias.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Em 27 de julho deste ano ocorrerá um eclipse total de Lua com o máximo centrado no Oceano Índico, segundo dados proporcionados pela NASA.

A fase de totalidade do eclipse durará 1 hora e 42 minutos, sendo o mais longo do século XXI, começado às 19h30 GMT (16h30, em Brasília) e a Lua começará a eclipsar-se (entrada na sombra terrestre) às 18h24 GMT (15h24, em Brasília).

Será possível observar desde a América do Sul, Europa, África, Ásia e Oceânia, e durante a totalidade, será possível comprovar que a Lua não desaparece de vista, mas adquire uma tonalidade avermelhada.

A atmosfera da Terra, que se estende por 80 quilômetros além do diâmetro do nosso planeta, atua como uma lente que desvia a luz do Sol.

Ao mesmo tempo, filtra eficazmente seus componentes azuis e deixa passar somente a luz vermelha que será refletida pelo satélite. Assim, a Lua adquire o resplendor cobreado tão característico, acrescenta o IAC.

Outro evento como este só acontecerá seis meses depois, em janeiro de 2019, comentou no comunicado Miquel Serra-Ricart, astrônomo do IAC.

O astrônomo acrescentou que no transmissão feita desde a Namíbia, a escuridão produzida pelo eclipse permitirá descobrir objetos somente visíveis desde os céus austrais, como as Nuvens de Magalhães.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

60 anos esperando titulo Comercial pode sair da fila

Com acesso garantido, Comercial busca 1º título de uma divisão de Paulista em 64 anos. O time terá força máxima no primeiro jogo da final, sábado às 19h, em Bauru

Iguatemi passa a integrar a maior iniciativa voluntária de sustentabilidade corporativa do mundo

A Iguatemi S.A, uma das maiores empresas full service no setor de shopping centers do país, acaba de ingressar no Pacto Global da ONU...

ACIS completa 53 anos de dedicação ao setor empresarial sertanezino; conheça a história da entidade

Fundada em 25 de maio de 1969, na época contou com a adesão de 70 associados. Os comerciantes locais sentiam dificuldades de se organizar para enfrentar determinados problemas

O bilionário Elon Musk chega hoje(20) ao Brasil para conversar com Bolsonaro

O homem mais rico do mundo visita o Brasil a convite do ministro Fábio Faria

Cinema do Shopping Iguatemi Ribeirão Preto exibe pré-estreia de Top Gun: Maverick

Maverick será lançado oficialmente no dia 26 de maio, entretanto, os fãs poderão se adiantar e aproveitar as sessões de pré-estreia, que acontecem de 21 a 25 de maio
- PUBLICIDADE -