InícioCidades‘Frente Segura Ribeirão’ depende de condutores para que funcione

‘Frente Segura Ribeirão’ depende de condutores para que funcione

- continua após a publicidade -

Sinalização é ampliada na cidade com o objetivo de garantir mais segurança no trânsito

No domingo, dia 22 de agosto, a Transerp implantou mais três novas sinalizações do projeto “Frente Segura Ribeirão”, que consiste em áreas de espera exclusivas para motocicletas e similares. Desta vez, as demarcações foram feitas em dois cruzamentos da avenida Jerônimo Gonçalves e em um da avenida Caramuru.

A nova lei de trânsito, que entrou em vigor em abril, incluiu ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB) a definição desta sinalização, destinada exclusivamente aos motociclistas.

“Esta é a terceira ampliação destas áreas na cidade. Agora, já são 25 cruzamentos com esta sinalização. É mais segurança para o trânsito destas duas avenidas com grande fluxo de veículos”, destaca Marcelo Galli, superintendente da Transerp.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

As três novas sinalizações foram demarcadas nos seguintes cruzamentos:

• avenida Jerônimo Gonçalves com a rua Santos Dumont
• avenida Jerônimo Gonçalves com a rua São Sebastião
• avenida Caramuru com a rua Saldanha Marinho

Sobre o “Frente Segura Ribeirão”

O “Frente Segura Ribeirão” é um projeto do Siga Consciente, programa de educação para o trânsito da Transerp. Com a demarcação antes da faixa de retenção nos semáforos, a sinalização horizontal prevê um espaço de cinco metros na via para que as motocicletas e similares possam aguardar a abertura do semáforo e sair antes dos outros veículos, evitando acidentes e ultrapassagens arriscadas.

Benefícios do projeto

• Proporcionar maior segurança para as motocicletas e ciclistas, diminuindo o conflito com outros veículos no momento da abertura  do verde do semáforo;

• Aumentar o respeito das motos à linha de retenção e à faixa de travessia;

• Dar maior visibilidade às motos junto às travessias de pedestres;

• Diminuir o número de acidentes envolvendo motos, ciclistas e pedestres no cruzamento.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Menor NÃO: Ministro destaca eventos adversos em adolescentes vacinados

Segundo Queiroga, foram identificados 1,5 mil eventos adversos em adolescentes imunizados. “A OMS não recomenda a vacinação de adolescentes

Teatro Municipal lança edital de ocupação do 1° semestre de 2022

Inscrições começaram dia 15 de setembro e vão até 15 de outubro

Avenida Thomaz Alberto Whately tem nova interdição para obras

Bloqueio ocorre para obras do trecho 1 do corredor de ônibus Norte-Sul pelo programa Ribeirão Mobilidade

IMPORTANTE COMPARTILHE: Anvisa e Min. da Saúde NÃO Recomendam a vacinação para Menores de 18 Anos

Não se vê veículos de imprensa ou governantes falando sobre o assunto, muito pelo contrario continuam incentivando a vacina que não tem teste para menores de 18 anos

Vacinados já são 81,7% dos internados em SP

Do total de hospitalizados, 51,6% (325 doentes) já foram totalmente imunizados, com as duas doses, (34,6%) com Coronavac.
- PUBLICIDADE -