Início Cidades É HORA DE CUIDAR DAS ÁRVORES URBANAS

É HORA DE CUIDAR DAS ÁRVORES URBANAS

- continua após a publicidade -

Por Paulo Figueiredo

Nos dias de hoje, os espaços verdes em áreas urbanas possuem uma relação direta com o aumento da qualidade de vida. Isso porque eles são responsáveis por garantir a qualidade do ar, promover o resfriamento das cidades e até contribuir com a redução do índice de enchentes.

No entanto, não basta pensar apenas na plantação de árvores. Mais que isso, é preciso estar atento à questão da manutenção, pois, se por um lado é importante ter cada vez mais áreas verdes compondo a paisagem urbana, é fundamental também realizar a prevenção. Essa é a única maneira de minimizar os acidentes causados pela queda de árvores, principalmente nos períodos chuvosos.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Ao falarmos em manutenção, é importante destacar que o ideal é realizar essa atividade entre o outono e inverno. Nas estações mais frias do ano, as árvores têm um ritmo de crescimento mais lento, pois os dias têm menos luz e são mais curtos. Dessa forma, elas conseguem se recuperar mais rápido dos efeitos da poda, o que minimiza drasticamente o número de árvores condenadas.

Além da preocupação com a poda, é preciso ressaltar que essa atividade deve ser realizada por um especialista capacitado, como um engenheiro florestal, agrônomo, biólogo ou técnico. Após uma análise, esse profissional terá condições de definir o momento ideal para cada tipo de poda, seja de limpeza, para a remoção de galhos mortos, a adubação correta ou o tratamento fitossanitário para evitar a infestação de insetos.

Faz parte também do trabalho identificar o tipo de corte para cada estrutura, a fim de evitar que isso interfira no equilíbrio da planta e a torne mais suscetível a quedas. Vale lembrar ainda que, para cada etapa do processo de manutenção, existem ferramentas específicas, como podadores de galhos, motosserras e sopradores, ideais para realizar o trabalho de forma correta e segura.

Nesse sentido, o avanço tecnológico proporcionou melhorias expressivas ao segmento, com equipamentos mais potentes, versáteis, leves, ergonômicos e fáceis de manusear. Sem contar que eles também são capazes de reduzir o consumo de combustível, emitir menos poluentes e, consequentemente, minimizar os impactos ao meio ambiente.

Diante de todos esses pontos, o importante é entender que a vegetalização dos centros urbanos deve ser sempre estimulada para que os números de espaços verdes aumentem cada vez mais. É necessário, contudo, um planejamento técnico para acompanhar o desenvolvimento dessas árvores, afinal, a ideia de ter uma fonte de sombra e de ar puro não pode se transformar em um problema – essa é uma questão de qualidade de vida.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Criação de empregos em setembro atinge melhor nível em dez anos

Caged diz que 249,3 mil postos de trabalho foram abertos no mês

Ribeirão Preto: Neste feriado, doe sangue e salve vidas!

Que tal aproveitar o feriado desta segunda-feira, 2 de novembro, para doar sangue e salvar vidas?

Tratamento com hidroxicloroquina reduz em 7 vezes internações por covid

Estudo publicado no ‘International Journal of Antimicrobial Agents’ registra que combinação do medicamento com azitromicina e zinco também reduz a mortalidade de pacientes

Amanhã (30) é o último dia para realizar matrículas e rematrículas na rede estadual de São Paulo

Processos podem ser realizados de forma online ou presencialmente nas escolas, diretorias de ensino e postos do Poupatempo

Rituais de Atração e Prosperidade: Lua Azul traz oportunidades para quem souber trabalhar essas energias

Neste sábado, 31, acontece a segunda Lua Cheia do mês, conhecida como Lua Azul.