Início Blogs Ludson Aiello Parler: A rede social adotada pelos conservadores

Parler: A rede social adotada pelos conservadores

A Parler, que promete não censurar ou "dizer o que você deve fazer", vem crescendo muito nas últimas semanas principalmente entre os perfis conservadores.

- continua após a publicidade -

É de longa data que muitas pessoas reclama das censuras impostas nas redes sociais, não por outras pessoas ou justiça, pelas próprias gigantes que dominam o que pode ou não ser dito na internet. Recentemente diversas pessoas, entre elas o Presidente Jair Bolsonaro, tiveram publicações excluídas em suas contas no Twitter e Facebook por divergirem das narrativas impostas por estas redes.

Na contramão da “censura à direita”, como muitos dizem, uma nova rede social vem ganhando destaque entre os usuários defensores de políticas conservadoras e narrativas que não costumam se preocupar com o politicamente correto. O Parler.

O que é o Parler?

Parler é uma rede social com recursos muito semelhantes ao Twitter, criado a aproximadamente 02 anos, a rede social ganhou destaque quando o Presidente Trump anunciou que sua campanha teria maior divulgação através desta rede social, que divulga a Liberdade de expressão garantida pela constituição como sua principal bandeira.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Em uma entrevista para a Forbes, John Matze, 27, fundador da rede social, resume bem o objetivo do Parler:

“Não haverá verificadores de fatos. Você não será informado sobre o que pensar e o que dizer. Um policial não vai prendê-lo se você der a opinião errada, Acho que é tudo o que as pessoas querem. É disso que eles gostam.”

Recentemente, a rede social começou a ganhar visibilidade também no Brasil. O Presidente Jair Messias Bolsonaro criou um perfil na rede social e muitos jornalistas, comentaristas políticos, blogueiros e usuários que buscam um espaço para debater livremente suas ideias, começaram a migrar do Twitter para o Parler.

Se você ainda não ouviu falar no Parler, a tendência é que nas próximas semanas muitos usuários migrem para a plataforma e comece, graças a liberdade de expressão, debates acalorados e sem censura.

Não poderíamos ficar de fora, então além de nos acompanhar no Instagram, Facebook e Twitter, agora você também pode acompanhar o nosso perfil no Parler, um espaço onde falaremos mais sobre a política local e nacional.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Etanol e Diesel devem sofrer aumento de 3% em Ribeirão Preto.

O aumento de impostos imposto pelo Governador João Dória vai começar a prejudicar você muito rápido. Combustíveis começam a subir em Ribeirão Preto.

Sincovarp e CDL discoram do retrocesso de Ribeirão Preto para a fase Laranja do Plano SP

É preciso bom senso por parte do Governo de São Paulo quanto a redução no horário de atendimento.

João Dória não cumpre a palavra e aumenta o ICMS em São Paulo.

João Dória ri na cara da sociedade com mentiras e em nota a FIESP promete entrar na justiça contra o aumento de ICMS.

Netflix anuncia o lançamento de documentário sobre a carreira de Pelé.

Netflix divulga a data de estreia e o primeiro teaser do documentário "Pelé", com estréia programada para fevereiro.

Onde estão os radares neste sábado (16) em Ribeirão Preto

Confira as avenidas com radares móveis em Ribeirão Preto. Velocidades variam entre 60km e 70km.