InícioBlogsLudson AielloParler: A rede social adotada pelos conservadores

Parler: A rede social adotada pelos conservadores

A Parler, que promete não censurar ou "dizer o que você deve fazer", vem crescendo muito nas últimas semanas principalmente entre os perfis conservadores.

- continua após a publicidade -

É de longa data que muitas pessoas reclama das censuras impostas nas redes sociais, não por outras pessoas ou justiça, pelas próprias gigantes que dominam o que pode ou não ser dito na internet. Recentemente diversas pessoas, entre elas o Presidente Jair Bolsonaro, tiveram publicações excluídas em suas contas no Twitter e Facebook por divergirem das narrativas impostas por estas redes.

Na contramão da “censura à direita”, como muitos dizem, uma nova rede social vem ganhando destaque entre os usuários defensores de políticas conservadoras e narrativas que não costumam se preocupar com o politicamente correto. O Parler.

O que é o Parler?

Parler é uma rede social com recursos muito semelhantes ao Twitter, criado a aproximadamente 02 anos, a rede social ganhou destaque quando o Presidente Trump anunciou que sua campanha teria maior divulgação através desta rede social, que divulga a Liberdade de expressão garantida pela constituição como sua principal bandeira.

Em uma entrevista para a Forbes, John Matze, 27, fundador da rede social, resume bem o objetivo do Parler:

“Não haverá verificadores de fatos. Você não será informado sobre o que pensar e o que dizer. Um policial não vai prendê-lo se você der a opinião errada, Acho que é tudo o que as pessoas querem. É disso que eles gostam.”

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Recentemente, a rede social começou a ganhar visibilidade também no Brasil. O Presidente Jair Messias Bolsonaro criou um perfil na rede social e muitos jornalistas, comentaristas políticos, blogueiros e usuários que buscam um espaço para debater livremente suas ideias, começaram a migrar do Twitter para o Parler.

Se você ainda não ouviu falar no Parler, a tendência é que nas próximas semanas muitos usuários migrem para a plataforma e comece, graças a liberdade de expressão, debates acalorados e sem censura.

Não poderíamos ficar de fora, então além de nos acompanhar no Instagram, Facebook e Twitter, agora você também pode acompanhar o nosso perfil no Parler, um espaço onde falaremos mais sobre a política local e nacional.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

O sonho acabou: Doria foi chutado pelo PSDB

@jdoriajr se o sonho acabou, procure a próxima padaria, de preferencial na China.

Varíola do macaco: O que é essa doença?

Ao todo são 80 casos confirmados em 12 países, argentina já tem caso e todos os continentes foram atingidos. Como se proteger e quais os riscos. Confira aqui

Enxaqueca requer tratamento médico, alerta neurologista

Você pode ser atendido sem fila, sem sair de casa e com acompanhamento medico, evitando assim o uso de medicamentos desnecessários

Oportunidade: 143 vagas de emprego abertas nesta semana

Entre as oportunidades estão cargos como cozinheira, motorista, auxiliar de escritório, vendedor, barista, garçom, cabeleireiro, nutricionista, entre outros.

60 anos esperando titulo Comercial pode sair da fila

Com acesso garantido, Comercial busca 1º título de uma divisão de Paulista em 64 anos. O time terá força máxima no primeiro jogo da final, sábado às 19h, em Bauru
- PUBLICIDADE -