InícioBlogsEDALA - Dança Artes e PilatesCarnaval vem ai veja 7 benefícios de aulas de dança para o...

Carnaval vem ai veja 7 benefícios de aulas de dança para o corpo e a mente

- continua após a publicidade -

1. Perder peso e tonificar o corpo – Em algumas modalidades é possível gastar até 700kcal/hora e ter um corpo modelado e definido.

2. Ajuda a reduzir o estresse e a ansiedade – Um dos benefícios do exercício é diminuir a tensão e relaxar a musculatura. Além disso, a dança estimula a concentração, acalma e tranquiliza, diminuindo a ansiedade acumulada durante o dia.

3. Melhora a autoestima – Os alunos se sentem mais confiantes com a mudança no corpo e conseguem até mesmo se expressar melhor, pois a dança permite uma liberdade de movimentos desconhecidos até então.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

4. Aumenta a capacidade sanguínea e faz bem ao coração – Algumas modalidades de dança aumentam a frequência cardíaca ao equivalente a uma aula aeróbica, por exemplo. Também estimulam a circulação do sangue e melhora a capacidade respiratória.

5. Combate a depressão – A dança tem a capacidade de ligar o corpo, a mente e o espírito. Além do benefício físico traz também paz interior e mexe bastante com o emocional, coloca sentimentos para fora. Alguns alunos acabam até trocando a terapia pela dança.

6. Pode ser praticado por qualquer pessoa em qualquer idade – Hoje existem diversos tipos de danças que podem se enquadrar em qualquer necessidade. Crianças, adultos e idosos, desde que tenham o acompanhamento e instruções de um profissional capacitado, podem praticar até mesmo mais de uma modalidade.

7. Ajuda a fazer novos amigos e socializar – O dia a dia está deixando as pessoas cada vez mais individualistas. A prática de um exercício em grupo ajuda na socialização e a pensar em conjunto, além de ajudar a fazer novas amizades, que são sempre bem vindas. Não tem como negar, a dança faz bem para o corpo, mente e alma.

É possível dançar em qualquer idade!

foto arquivo pessoal

Você pode começar a dançar a qualquer idade e praticar até bem tarde sem qualquer problema, sem preocupação e sem espírito de competição.

Também é possível participar de concursos. Isso poderá ser fonte extra de motivação intelectual e física.

Da mesma forma, se você quiser manter a linha ou perder peso, a dança é ideal. Você poderá fazê-la calmamente e graças a ela até conseguir perder alguns quilinhos!

A dança, graças os laços que ela cria, é um meio incrível para fortalecer o relacionamento entre as pessoas, ajudá-las a sociabilizarem e a serem mais solidárias!

A dança, graças os laços que ela cria, é um meio incrível para fortalecer o relacionamento entre as pessoas, ajudá-las a sociabilizarem e a serem mais solidárias!

A importância de conhecer o professor de dança do seu filho
acesse http://www.edala.com.br/

Modalidades
-Ballet ( infantil, juvenil e adulto)
-Sapateado ( infantil juvenil e adulto )
-Contemporâneo
-Ballet fitness
-Fit dance
-Pilates
-Jazz ( infantil juvenil e adulto)
-Dança de salão, samba, forró, salsa, etc
-Hip hop (infantil , juvenil e adulto)

arquivo pessoal

 

 

 

Fontede 1 a 7: Helô Gouvêa, sócia e professora do Estúdio Anacã, e também criadora do estilo Walk Dance

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

50 vagas para Auxiliar de Cobrança com início imediato

Os interessados podem realizar o cadastro de seus currículos no site da empresa contratante para análise.

Ribeirão Preto terá drive-thru para arrecadar leite

Ação será realizada neste sábado, dia 26 de junho, em parceria com a Ourofino,

Pastor Ock Soo Park participou de entrevista ao vivo na Rede Super de Televisão

O tema da live foi: “Uma boa notícia da Coréia do Sul para o mundo”

Chile avalia a necessidade de terceira dose de Coronavac

Especialistas analisam estudos científicos para tomar decisão

Banco de Sangue de Ribeirão Preto alerta para falta de sangue O e A negativos

Unidade conquistou selo Covid Free de Excelência, que é concedido às instituições que mantêm boas práticas preventivas para o enfrentamento da doença
- PUBLICIDADE -