InícioAtualidadesEclipse solar será visível no Brasil neste domingo

Eclipse solar será visível no Brasil neste domingo

- continua após a publicidade -

O melhor horário para observá-lo é entre 11h e 12h30. Fique atento aos cuidados necessários para admirar o fenômeno.

A chegada do Carnaval traz também um espetáculo especial, com a Lua desfilando em frente ao Sol em um incrível eclipse solar que poderá ser visto na maior parte do Brasil.

O fenômeno vai atingir seu ponto máximo entre 11h e 12h30 e, dependendo da localização do observador, pode durar até três horas. Em algumas partes do hemisfério sul, como regiões do Chile, Argentina e África, ele será anular (quando a Lua cobre o Sol quase completamente, deixando apenas um anel brilhante), mas no Brasil, ele será parcial, com uma meia-lua luminosa que poderá ser vista no céu.

Contudo, o eclipse não deve ser observado diretamente.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

“Nunca se deve olhar para o Sol sem proteção”, adverte Gustavo Rojas, astrônomo da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). “A intensa radiação solar pode danificar a visão em instantes.

Por isso, é preciso utilizar proteção adequada, como filtros astronômicos ou vidros como os usados em máscaras de solda.” O especialista também avisa que não se deve utilizar óculos, binóculos ou telescópios, instrumentos que concentram os raios solares e podem causar graves danos à visão.

O que cada região vai ver?

Segundo Rojas, quanto mais ao sul do país, maior a fração do Sol que será encoberta pela Lua. Perto da fronteira com o Uruguai, por exemplo, até 70% da estrela ficará escondida pelo satélite. Mas isso não impede que outras regiões também vejam uma parte do fenômeno – de acordo com o astrônomo, com exceção do Norte, no qual só Tocantins e parte da Rondônia e do Pará poderão ver alguma coisa, o evento poderá ser acompanhado em todo o país. Uma parte do Maranhão, mais a oeste, e o Norte do Mato Grosso também devem ficar de fora.

O eclipse vai começar e atingir seu auge em horários diferentes dependendo da região do Brasil. Territórios que ficam mais perto da fronteira com a Argentina e o Paraguai começarão a ver o fenômeno um pouco antes, a partir das 9h. Nas demais localidades, o eclipse só terá início depois das 10h, no Sudeste, e das 11h, no Nordeste. No geral, o eclipse deve durar entre uma e três horas. Cidades próximas à fronteira oeste do país verão a fase máxima do fenômeno por volta das 11h00, enquanto nas capitais São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília isso acontece às 11h30.

“Os últimos a ver o eclipse serão os paraibanos e potiguares, perto das 12h30”, afirma Rojas. Ele sugere ficar de prontidão pelo menos meia hora antes desses horários. Outra dica é procurar por lugares em sua cidade que estarão promovendo eventos para assistir ao fenômeno ou acompanhar transmissões ao vivo de observatórios ao redor do mundo.

Cuidados essenciais

O equipamento mais adequado para ver o fenômeno é um filtro astronômico feito com um polímero que permite a passagem de uma fração minúscula da luz. Esse equipamento, no entanto, não é vendido aqui no Brasil e precisa ser encomendado. Por isso, o astrônomo sugere utilizar um vidro de máscara de solda com tonalidade 14, que é facilmente encontrado em lojas de material de construção.

“De maneira alguma use óculos escuros, chapas fotográficas veladas, chapas de raios-x ou outro material caseiro para olhar para o Sol”.

 

Com informações de veja.com

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Contações de histórias compõem a programação do final de semana do Museu Casa de Portinari

Conheça também a faceta poética de Candido Portinari no Pela Janela (25); on-line e gratuita

Terceira via discute impeachment de Bolsonaro como única forma de derrotar Lula

Com economia e empregos em recuperação, falta de escândalos no governo e popularidade nas ruas em alta, os concorrentes enxergam no impeachment a única forma de barrar Bolsonaro em 2022

Olimpíada de Tóquio: saiba quem são os brasileiros favoritos ao ouro

Judô? Vôlei? Natação? Atletismo? Futebol? De onde virão as medalhas de ouro para o Brasil?

Ribeirão Preto já vacinou mais de 50% da população com a primeira dose

Foram 360.962 pessoas imunizadas com a primeira dose, 112.238 com a segunda e 15. 948 com dose única

120 vagas para cursos gratuitos de qualificação com bolsa-auxílio em Ribeirão Preto

São 60 vagas para o curso de Porteiro e Controlador de Acesso e 60 vagas para o curso de Recepção e Atendimento, os dois com duração de 12 dias
- PUBLICIDADE -