Home » Lazer e Cultura » Coordenação dos Centros Culturais do município é unificada

Coordenação dos Centros Culturais do município é unificada

A reestruturação e unificação da coordenação dos cinco Centros Culturais do Município visam melhorias na estrutura dos equipamentos e na programação das atividades.

A Prefeitura de Ribeirão Preto, por intermédio da Secretaria de Cultura, realiza a reestruturação e unificação de coordenação dos cinco Centros Culturais do Município:

Centro Cultural Palace, Centro Cultural Quintino Facci II, Centro Cultural Campos Elíseos, Vila Tecnológica – Casas com atividades culturais- e Céu das Artes.
A secretária da Cultura, Dulce Neves, esclarece que o objetivo é garantir a ampliação das oportunidades para a população que mais precisa.

“Inclusive as funcionárias públicas dos Centros passaram a ser mais valorizadas e estamos trabalhando na melhoria da estrutura física dos equipamentos, como também das oficinas e atividades oferecidas. É imprescindível trabalharmos em busca do bem comum. A responsabilidade social de promover ações que possibilitem uma sociedade mais justa e igualitária é dever de todos nós. Iniciativas que permitam a participação da sociedade fomentam a integração comunitária”,

informou Dulce Neves.
Meire Teixeira, coordenadora do Centro Cultural Palace, que assumiu a coordenação dos demais Centros Culturais do município, fala sobre o trabalho que está em andamento.

“Já estamos trazendo de volta a identidade dos Centros Culturais. Cada um será coordenado como se fosse independente, mas ao mesmo tempo será realizado um trabalho em “Teia” com os cinco Centros do Município. Um exemplo é a programação do lançamento de um livro que acontecerá no Centro Cultural Palace, e que levará aos outros Centros um projeto denominado de ‘Manhã com o Escritor’.

explica Meire.

Outro projeto está sendo desenvolvido com o artista plástico Mario Jorge Jordão.
Jordão é artista plástico premiado na Casa Portinari, que fica no Palace. Ele atua na atividade pintura de quadros, que também será estendida aos demais Centros Culturais. Os quadros pintados, em cada Centro, serão doados para o local onde foram confeccionados.
Uma nova agenda já está sendo preparada para os Centros Culturais.
Nos Campos Elíseos, por exemplo, já há uma exposição e um workshop agendados para maio.
Os equipamentos estão recebendo serviços de roçadas e melhorias dos mobiliários.

“Estamos recebendo apoio e doações da comunidade para oferecer novas estruturas. Já conseguimos a doação de tintas, 20 cadeirinhas coloridas e mesa para aulas de musicalização para o Centro Cultural da Vila Tecnológica”,

contou Teixeira.
A Coordenadoria Municipal de Projetos finaliza um projeto para manutenção do Centro Cultural Campos Elíseos. A intenção é iniciar mais de 10 novas oficinas nos Centros Culturais até julho e ampliar as oficinas existentes, informou Meire Teixeira.

Comente

Deixe uma resposta