Início Saúde Voluntários oferecem atendimento online gratuito de saúde física e mental

Voluntários oferecem atendimento online gratuito de saúde física e mental

Sentir-se sozinho, ansioso, preocupado, inseguro ou deprimido é totalmente compreensível diante do caos da atualidade.

- continua após a publicidade -

O isolamento social, recomendado para prevenir que o Covid-19 continue se alastrando, está afetando a saúde mental de muita gente. Sentir-se sozinho, ansioso, preocupado, inseguro ou deprimido é totalmente compreensível diante do caos da atualidade. E, para ajudar pessoas nessa situação, um grupo de profissionais de diversas áreas do conhecimento se voluntariou para criar a plataforma Aho. Psicólogos, nutricionistas, coaches, entre outros especialistas, contribuem com um conselho, uma palavra amiga ou mesmo uma orientação a respeito do futuro, sempre buscando acolher quem precisa.

A partir de um teste gratuito de autoconhecimento, os internautas são orientados a refletir sobre suas qualidades, capacidades e os pontos que podem ser melhorados. Logo após responderem a seis questões, recebem uma devolutiva por e-mail, além de um e-book que fala sobre esse momento de transição que o mundo está vivendo, e são convidados à Roda da Vida Integrativa, uma análise que visa identificar os pontos da vida que estão em harmonia com as suas prioridades, bem como aqueles que precisam de maior atenção e cuidado. 

Além disso, a plataforma disponibiliza um canal de atendimento para uma troca mais íntima. Pelo “Fale Conosco”, o interessado pode conversar com um atendente. “Dependendo do sofrimento relatado pela pessoa, o atendimento poderá se limitar a uma conversa ou avançar para uma reunião virtual para que possamos nos ver, estabelecer uma relação mais próxima, mesmo que ainda no ambiente digital. Se necessário, encaminhamos o internauta a um dos especialistas por e-mail. Em último caso, poderá ser necessário algum tratamento, como acompanhamento psicológico ou médico”, explica Evandro Ribeiro, um dos precursores do projeto.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O Brasil é o país mais ansioso do mundo, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde). São 18 milhões de brasileiros convivendo com a ansiedade, e 11 milhões que estão deprimidos. Transtornos mentais como esses custam à economia global US$ 1 trilhão por ano em queda de produtividade no trabalho. A pandemia só piorou essa situação. Uma realidade que precisa ser alterada com urgência. A proposta da Aho, cujo nome foi inspirado no termo nativo-americano utilizado ao final de preces, como um ‘amém’, uma forma de agradecimento, é atuar exatamente nessa transformação.

A expectativa da plataforma é atender 1.200 pessoas por mês e fazer a rede de voluntários crescer também. “Na Aho, enxergamos o ser humano por completo, ajudando a promover bem-estar e a humanizar as relações e o ambiente, na busca da realização dos objetivos em saúde física, mental, social e espiritual. Trabalhamos para transformar uma percepção de fragilidade e tensão em uma experiência que propicie crescimento e autoconhecimento”, destaca Ribeiro.

Especialistas do Aho (http://aho.net.br/):

Aryel Mairinques Miranda: nutricionista especializada em Nutrição Clínica, Esportiva e Funcional. Especialização em Modulação Intestinal e Coach Nutricional.

Evandro Ribeiro: Professional & Self Coaching pelo Instituto Brasileiro de Coaching, Leader Coach pelo Behavorial Coaching Institute, Certified Professional & Self Coach pelo European Coach Academy e Coaching Integrativo Sistêmico Profissional.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Euricério Filho: administrador, mestre em sistemas de gestão e especialista em educação inovadora, atuando como designer de jornadas de aprendizagem e facilitador de processos e espaços transformadores.

Felipe Madeira: formado em Coaching Emocional pelo Instituto Menthes (método Augusto Cury). Mestrando em Educação no CEFET-MG, graduado em Engenharia e pós-graduado em Marketing. Possui MBA Empresarial pela Fundação Dom Cabral. Mais de 25 anos de vivência em gestão de pessoas, recursos, projetos, crises e resultados.

Fernanda Pompermayer de Assis Guimarães: psicóloga, pós-graduada em Terapia Cognitivo Comportamental e Gestão Avançada de Recursos Humanos. Atende adultos, adolescentes e crianças.

Kitti Dahlke: pós-graduada em Psicologia Positiva, especialista em Desenvolvimento Profissional & Wellness. Desenvolveu um método de atendimento que combina as principais técnicas de gestão e coaching com terapias alternativas (Florais, Homeopatia, Aromaterapia, entre outras).

Renata Seabra: terapeuta ocupacional, coach e Practitioner em Programação Neurolinguística. Seu foco é atuar no desenvolvimento e transformação do ser humano ao longo da vida, alinhando seus objetivos e sonhos ao seu propósito de vida por meio de orientações diretas (coaching) e/ou projetos específicos ligados à estimulação e reabilitação cognitiva (perdas e lapsos de memória) com adultos e idosos.

Valter Moraes: especialista em mudança comportamental e estratégias para atingir metas. Já treinou pessoalmente centenas de alunos com o método MindUp.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Neste Natal, Shopping Iguatemi Ribeirão Preto promove encontros inéditos com Papai Noel

Bom velhinho estará em sua casa no Polo Norte, mas é presença confirmada em ações digitais do empreendimento

Sertãozinho: Câmara Municipal promove últimas sessões ordinárias deste ano

Todas as sessões ordinárias da Câmara de Sertãozinho podem ser acompanhadas, nos seguintes veículos de comunicação

Relação extraconjugal pode ser reconhecida como união estável?

O homem morreu em 2011 e agora suas duas companheiras devem dividir seus bens.

Museu Casa de Portinari lança audiolivro para deficientes visuais

Obra de autoria de Candido Portinari ganhou parceria da ADEVIRP para tradução sonora

Avenida Antônia Mugnatto Marincek recebe novas adequação

Via foi duplicada em mais de quatro quilômetros, recebeu ciclovia, cerca de 50 pontos de acessibilidade e nova sinalização