Início Saúde Tragédias envolvendo procedimentos estéticos despertam para a importância da credibilidade de clínicas...

Tragédias envolvendo procedimentos estéticos despertam para a importância da credibilidade de clínicas e profissionais

- continua após a publicidade -

A mídia vem noticiando nas últimas semanas o caso de uma paciente que não resistiu a um procedimento estético feito de forma amadora e sem nenhuma segurança por um médico em um apartamento no Rio de Janeiro. Também no mês de julho, uma modelo procurou por procedimentos estéticos “a baixo custo” nos glúteos e nas coxas, além de ter retirado gordura do abdômen e também não resistiu. Infelizmente, não são incomuns casos como estes, envolvendo pessoas não habilitadas e clínicas clandestinas de estética.

Vale tudo em nome da vaidade? Até onde você iria para conquistar seu ideal de beleza? Mudar algo na aparência é o desejo de muitas pessoas, principalmente mulheres, que por vezes se submetem a procedimentos arriscados no anseio de conquistar o corpo perfeito. De acordo com Luciana Sensini, fisioterapeuta especializada em dermatofuncional e proprietária da clínica Fisioforma, é importante avaliar sempre quem são os profissionais envolvidos no procedimento, sua reputação e as condições do ambiente. “É com tristeza que assistimos diariamente casos como este, do Rio de Janeiro, de pessoas não habilitadas e clínicas clandestinas de estética que destroem sonhos e vidas. Na Fisioforma a saúde vem em primeiro lugar e nos orgulhamos de ter em nosso quadro apenas profissionais qualificados que garantem não apenas resultados estéticos, mas, principalmente, a saúde de nossos clientes”, afirma.

De acordo com a especialista, existem vários tratamentos estéticos que proporcionam resultados eficazes, sem necessidade de intervenção cirúrgica, anestesia ou afastamento do trabalho. “Para aumentar o bumbum, por exemplo, existe a tecnologia do Firmming. Este aparelho tem duas versões e pode ajudar a hipertrofiar ou simplesmente deixar mais torneados os músculos não só dos glúteos, mas das coxas, abdômen e braços”, explica a fisioterapeuta.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Existem outros exemplos de procedimentos não invasivos como o laser de preenchimento, indicado não apendas para lábios, mas que também apresenta resultados fantásticos no tratamento para rejuvenescimento, como manchas, rugas e flacidez. “Temos hoje na clínica as últimas novidades de tratamentos de face, pescoço, colo e mãos que são as ponteiras Deep Lifting e Soft Lifting, que promovem microperfurações na pele e uma permeação maior dos ativos, ajudando no preenchimento mais harmônico da pele, melhoria na coloração, estimulando a produção de colágeno e deixando a pele mais jovem e luminosa, sem a necessidade de cirurgias e incisões e de uma forma muito mais natural”, explica Luciana.

Antes de realizar qualquer procedimento estético, invasivo ou não, é importante buscar por profissionais sérios, capacitados e clínicas seguras, que utilizam equipamentos registrados na Vigilância Sanitária e demais órgãos competentes.  

A Fisioforma possui unidades em Ribeirão Preto, Franca, São Carlos e São Paulo. Mais informações pelo site fisioforma.com.br

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Justiça bloqueia R$ 29 milhões em bens de Doria em ação por improbidade

PSDB e sua fake: Doria gastou com propaganda pessoal o equivalente a 21% do total empregado nas obras de asfalto.

Padaria Pet abre unidade em Ribeirão Preto

Loja é a 9ª franquia da rede, que terá tratamento de aromaterapia, espaço para aniversário pet, petiscaria gourmet para cães e gatos como, pipoca, bolo de caneca, cerveja e café

TEL abre 300 vagas de emprego em São Paulo

Home Office: Processo seletivo oferece oportunidades em telemarketing para vendas; empresa já emprega 15 mil profissionais no Brasil

68% dos lojistas apontam aumento nas vendas, após seis meses de quarentena

Setor de eletrônicos foi o mais beneficiado, segundo FCDLESP; apenas 15% das micro e pequenas empresas conseguiram o PRONAMPE

AGU confirma impedimento de cultivo doméstico de Cannabis sativa

Morador acionou a Justiça para obter autorização para cultivar planta em casa, o que é vedado pela legislação