InícioSaúdeSecretaria da Saúde alerta para aumento de casos de AIDS em Ribeirão...

Secretaria da Saúde alerta para aumento de casos de AIDS em Ribeirão Preto

- continua após a publicidade -

Dados epidemiológicos da Divisão de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal da Saúde apontam um crescente aumento dos casos de infecção pelo HIV entre os jovens e adolescentes de Ribeirão Preto, nos últimos oito anos.

O levantamento aponta que entre 2007 e 2015, a taxa de detecção da infecção pelo HIV na cidade aumentou 220% entre os meninos na faixa etária de 15 a 19 anos, e 570% na faixa entre 20 e 24 anos.

Se considerado apenas o ano de 2016, ocorreram 207 notificações de infecção pelo HIV, sendo que 89 (43%) eram de jovens até 29 anos.

A coordenadora do programa municipal de DST/Aids, Tuberculose e Hepatites Virais, Lis Aparecida de Souza Neves, explica que embora entre as meninas não tenha ocorrido aumento significativo, tem se observado também situações de vulnerabilidade em que elas engravidam e descobrem a infecção durante a gravidez, colocando em risco também o bebê.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

“Este aumento vem ocorrendo em todo o país”, explica a coordenadora do programa. Ela disse ainda que, além do HIV, o Departamento Nacional de Infecções Sexualmente Transmissíveis, Aids e Hepatites Virais alerta para o risco de propagação de outras doenças, como HPV, herpes genital, gonorreia, hepatite B e C e, especialmente, sífilis.

“Os dados preocupam, pois os jovens conhecem as formas de prevenção, mas optam por não utilizá-las. Muitos acreditam que o não uso da camisinha é devido ao sentimento de invencibilidade da juventude e a falta de estímulo familiar, além das questões de romance ainda muito comum principalmente entre as garotas”, ressalta Lis Neves.

A especialista adverte que conversar sobre sexualidade no âmbito familiar ainda é um tabu, dificultando a introdução do hábito desse cuidado com a saúde na vida do jovem.

“É comum os pais temerem que falar sobre o assunto vá despertar a sexualidade dos filhos, mas esquecem que o tema é presença constante na televisão, na música e na internet.”

A coordenadora do programa Municipal de DST/Aids, Tuberculose e Hepatites Virais  disse ainda que, da mesma forma, as escolas também receiam abordar o assunto, pois além de temerem a reação dos pais, muitos educadores acreditam que não é tema para ser discutido no contexto escolar. Assim, o jovem fica à mercê das suas próprias buscas, sendo que muitas vezes descobre tardiamente importância da prevenção.

“Acreditamos que todos os espaços de convivência dos jovens devam ser aproveitados para fomentar a participação juvenil, para que os adolescentes e jovens possam atuar como sujeitos transformadores da realidade.”

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Policiais militares de de São Paulo estão de prontidão para embarcar para a Turquia e atuar no salvamento e resgate das vítimas

Número de mortos no terremoto na Turquia e na Síria passa de 11 mil, mas entidades acreditam que numero chegará a 40 mil O número...

Após armação da esquerda e sigilo de 100 anos das imagens 8 de Janeiro segue sem respostas

Os desdobramentos do quebra-quebra de 8 de janeiro, contudo, parecem longe do fim, pois lula e a carreta furacão não querem CPI e investigação

No Dia do Publicitário, APP Ribeirão lança calendário de atividades de 2023

Com novas datas de atividades e eventos, a Associação dos Profissionais de Propaganda de Ribeirão Preto reúne diretoria no Chopp Time

Saúde prorroga inscrições de concurso público para bolsistas do Programa de Aprimoramento

Inscrições vão até 17 de fevereiro; bolsas são para as áreas de Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Nutrição, Psicologia e Terapia Ocupacional

Lula promete nova regulação para trabalhadores de aplicativos

Brasil tem 1,5 milhão de trabalhadores por aplicativos que podem deixar de trabalhar e ter uma renda, caso seja levado adiante
- PUBLICIDADE -