InícioSaúdeSanta Lydia é selecionado para participar do projeto “Saúde em Nossas Mãos”

Santa Lydia é selecionado para participar do projeto “Saúde em Nossas Mãos”

Objetivo é melhorar a segurança dos pacientes com a implementação de práticas de prevenção de infecções relacionadas à ventilação mecânica, uso de cateteres e de sondas vesicais

- continua após a publicidade -

Objetivo é melhorar a segurança dos pacientes com a implementação de práticas de prevenção de infecções relacionadas à ventilação mecânica, uso de cateteres e de sondas vesicais

O Hospital Santa Lydia foi selecionado pelo Ministério da Saúde para integrar o projeto “Saúde em Nossas Mãos”, com o objetivo de melhorar a segurança do paciente e na redução das infecções.

Durante 24 meses, uma UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital será acompanhada e a equipe terá suporte educativo para aprimorar as práticas seguras na UTI.

Cada grupo de 34 hospitais selecionados no Brasil, serão acompanhados por profissionais dos hospitais PROADI-SUS e pelo Ministério da Saúde, sendo ambos responsáveis pela condução das sessões virtuais de treinamento, suporte contínuo e visitas.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

“A segurança do paciente e de nossos profissionais, sempre foi o cerne de nossa gestão. Será um período de muito trabalho e desenvolvimento profissional para atingirmos um único objetivo, cuidar ainda melhor de nossos pacientes, com técnicas e aprimoramento de processos que gerarão maior segurança assistencial, evitando infecções e, consequentemente, desperdícios de dinheiro público”, explicou o superintendente da Fundação Hospital Santa Lydia, Marcelo Carboneri.

divulgação

Projeto Saúde em Nossas Mãos

O Projeto Saúde em Nossas Mãos tem como objetivo melhorar a segurança dos pacientes com a implementação de práticas das diretrizes de prevenção de infecções relacionadas à ventilação mecânica, uso de cateteres e de sondas vesicais em 119 UTIs das cinco regiões do Brasil.

Os cinco Hospitais PROADI-SUS do Brasil são: Hospital Moinhos de Vento, Hospital Alemão Oswaldo Cruz, Hospital do Coração, Hospital Israelita Albert Einstein e Hospital Sírio Libanês. Todos trabalham de forma colaborativa para a execução do projeto, utilizando métodos de melhoria contínua com o apoio técnico do Institute for Healthcare Improvement (IHI).

Cada Hospital PROADI-SUS apoia 24 UTIs por meio de visitas técnicas de suas equipes aos hospitais participantes, encontros regionais para troca de experiências e sessões de aprendizagem presencial. Além disso, há apoio contínuo à distância e sessões de aprendizagem virtual (SAV).

Após a implementação do projeto foi possível observar que o conjunto de UTIs participantes já reduziram as taxas de infecção de corrente sanguínea em 41%, taxas de infecção do trato urinário em 48% e taxas de infecção de PAV em 28% até maio de 2019.

arquivo

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Fábrica clandestina de cigarros é fechada

O espaço era grande e tinha total estrutura para produção irregular dos cigarros e até mesmo para venda com "Caixas, maquinários, embalagens, uma estrutura completa.

Ipem-SP detecta fraude em veículo-tanque em Ribeirão Preto

A Polícia Militar foi acionada após a constatação da fraude

SÃO TOMÉ DAS LETRAS: O QUE FAZER NA CIDADE MÍSTICA DE MINAS GERAIS

Dica de turismo para você fugir da cidade e passar um final de semana ou se programar para o próximo feriado.

Museu Casa de Portinari promove Música no Coreto, neste sábado (18)

Realizada na praça Martim Moreira, a apresentação contará com repertório de música popular; gratuita e respeitando todos os protocolos de segurança

ShoppingSantaÚrsula recebe a exposição “Arte que Fala”

Com curadoria da artista plástica e educadora Cristiane Cordeiro, mostra reúne cinco latas ilustrativas, com uma mensagem e link para palestras que fizeram parte da Feira Internacional do Livro 2021
- PUBLICIDADE -