InícioSaúdeRibeirão Preto vacinou apenas 4,4 mil servidores da saúde

Ribeirão Preto vacinou apenas 4,4 mil servidores da saúde

Neste ritmo para que apenas funcionários da saúde recebam a primeira dose será necessário 45 dias. Cidade possui 32 mil profissionais da saúde

- continua após a publicidade -

Cidade possui 32 mil profissionais da saúde que atuam na linha de frente contra a doença que serão imunizados.

Ribeirão Preto já vacinou 4.455 profissionais da saúde contra o novo corona vírus, 2.875 entre rede municipal e hospitais públicos e privados e 1.580 no Hospital das Clínicas.  

No geral, a cidade conta com 32 mil profissionais de saúde.

Os dados foram atualizados nesta terça-feira (26), pelo Departamento de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal da Saúde e serão atualizados diariamente, como acontece com o Boletim Epidemiológico da Covid-19.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Na rede municipal, todas as unidades de saúde, os servidores na linha de frente no combate à doença e tratamento de pacientes estão sendo vacinados.

Na unidade básica de Saúde – UBS de Bonfim Paulista, a auxiliar de Enfermagem Silvia Helena Diogo foi a primeira a ser imunizada.


“Receber essa vacina é um presente do Senhor. Foram dias difíceis trabalhando na linha de frente, mas sempre na esperança de que esse momento chegaria. Gratidão!”, Disse a profissional emocionada, que presta serviços na unidade de saúde há 25 anos.

Já no Hospital Santa Lydia, a primeira pessoa vacinada no Hospital Santa Lydia foi a senhora Alessandra, que faz parte da equipe da limpeza.

Ela também é linha de frente, passa o dia todo dentro dos isolamentos garantindo que o Hospital esteja limpo para cuidarmos dos pacientes.

No dia 21 de janeiro, a auxiliar de enfermagem Maria Aparecida Correa da Costa, mais conhecida como Cidinha, foi a primeira funcionária da saúde a receber a vacina, seguida pelo motorista do SAMU Benedito Roberto Gonçalves de Carvalho, pela enfermeira responsável pelo Polo Covid de Ribeirão Preto, Alessandra Medeiros, e do técnico de enfermagem Armindo Lucio Alves Ferreira.

“Esses profissionais foram escolhidos pelas características deles: dedicação total, mesmo nos momentos mais complexos e no ápice da pandemia, nesse momento difícil para todos nós. Eles representam o conjunto de servidores da saúde da nossa cidade”, disse Duarte Nogueira.

Nesta primeira etapa, serão 12.360 profissionais da saúde que receberão a primeira dose da CoronaVac, desenvolvida através de parceria entre o Instituto Butantan e a empresa chinesa Sinovac.

O fornecimento do segundo lote de vacinas está garantido pelo Governo do Estado de São Paulo, permitindo que a Secretaria de Saúde realize a segunda aplicação.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

5 depredações da esquerda contra o patrimônio público

“Nunca vocês leram alguma notícia sobre um movimento ou partido de esquerda invadir o Congresso Nacional, a Suprema Corte ou o Palácio do Planalto”,...

Valor bloqueado de manifestantes sobe para R$ 18,5 milhões

A Justiça Federal autorizou hoje (21) novos bloqueios de bens de suspeitos de financiar os atos que resultaram na depredação dos prédios dos Três Poderes...

José Dirceu propõe reestruturar papel dos militares no Brasil

Militares precisam voltar para os quartéis e sair de órgãos do governo, sugere. José Dirceu de Oliveira e Silva, ex-ministro da Casa Civil de Lula,...

Lula quer endurecer penas para crimes ‘contra a democracia’

O Ministério da Justiça e Segurança Pública trabalha em uma proposta para endurecer as punições para crimes “contra a democracia”. O projeto, ainda a...

Lula nomeia novo comandante do Exército; Saiba quem é o General Tomás

O governo federal anunciou na tarde deste sábado (21) que o general Tomás Miguel Ribeiro Paiva é novo comandante do Exército. O ex-comandante Militar...
- PUBLICIDADE -