Início Saúde PM encontra oito fetos em sacolas em Ribeirão Preto

PM encontra oito fetos em sacolas em Ribeirão Preto

Os fetos foram encontrados por um homem que passava pelo canteiro e avistou as sacolas plásticas.

- continua após a publicidade -

A Polícia Militar encontrou, nesta sexta-feira (20), oito fetos fetos de crianças já formadas, que estavam dentro de sacos plásticos, em uma área próximo a avenida Patriarca, na Vila Virgínia.

Os fetos foram encontrados por um homem que passava pelo canteiro e avistou as sacolas plásticas.

De acordo com a Polícia Militar, que atendeu à ocorrência, os fetos estavam em um saco plástico e também em frascos de vidro.

“Não está determinada a origem destes fetos. A perícia foi acionada e os fetos foram levados para a perícia”.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A investigação trabalha com a possibilidade do envolvimento de alguma clínica de aborto clandestina.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Congresso de Líderes Cristãos terá uma nova edição com o tema “É tempo de superar”

Nos dias 02 a 05 de dezembro, em dois horários, às 09h da manhã e às 19h30min., terá uma nova edição do  Congresso de...

Aumento de restrições: Golpe armado para um dia após as eleições.

Comitê contra Covid-19 do governo de SP recomendou aumento de restrições.

Crime: Doria diz que vacina chinesa pode ser aplicada mesmo sem aval da Anvisa

O Instituto Butantan não entregou o resultado de nenhuma fase de pesquisa clínica com seres humanos para a Anvisa.

Hard Rock Cafe Ribeirão Preto traz objetos icônicos de artistas em exposição permanente

Entre os destaques estão instrumentos musicais originais de bandas como Pearl Jam, Kiss, Paul McCartney e Deep Purple

Investimento de R$ 19,7 milhões para o Programa Dinheiro Direto na Escola na região de Ribeirão Preto

Transferência de recursos às escolas para o ano letivo de 2021 vai ocorrer sob novos critérios como área construída e índice de vulnerabilidade