InícioSaúdePazuello diz que vacinação começa em janeiro; avião irá buscar 2 milhões...

Pazuello diz que vacinação começa em janeiro; avião irá buscar 2 milhões de doses na Índia

Ministro da Saúde fez pronunciamento durante visita a Manaus

- continua após a publicidade -

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou nesta quarta-feira que o governo irá enviar um avião à Índia para buscar 2 milhões de doses prontas da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela farmacêutica britânica AstraZeneca, em parceria com a Universidade de Oxford (Reino Unido), que serão entregues pelo Instituto Serum, uma das fabricantes do imunizante.

Pazuello garantiu que a vacinação no país começa em janeiro. No país, o imunizante será produzido pela Fiocruz.

— Vamos vacinar em janeiro — afirmou Pazuello. — Hoje decola o avião para ir buscar  2 milhões de doses na Índia. É o tempo de viajar, apanhar e trazer. Já está com o documento de exportação pronto.

arquivo

Pazuello voltou a reafirmar que  Brasil está preparado para iniciar a vacinação contra a Covid-19 assim que houver o aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Segundo o ministro, todos os estados receberão as doses ao mesmo tempo, inclusive o Amazonas

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

— Nós temos duas vacinas para janeiro muito promissoras, todos acompanham, a vacina da Fiocruz/AstraZeneca e a do Butantan com Sinovac. São 8 milhões de doses. Quando a Anvisa concluir suas análises de segurança e eficácia, três, quatro dias depois nós estamos distribuindo a vacina no Brasil  — disse o ministro.

A Anvisa informou ontem que decidirá no domingo, em reunião da diretoria colegiada,  sobre a autorização de uso emergencial das duas vacinas submetidas à agência. A data é o penúltimo dia do prazo estabelecido pelo órgão para avaliação dos pedidos.

No pronunciamento feito durante a visita,  o ministro da Saúde  destacou  que o Brasil tem o maior Programa Nacional de Imunização do “mundo”. Citando a pressão politica , disse que não saiu “do rumo” para garantir a vacinação contra o novo coronavírus.

— Nós vacinamos trezentos milhões de doses por ano e vamos fazer igual com a vacina contra Covid-19. O resto é apenas pressão política, pressão partidária, pressão de bandeira, pressão de interesses particulares. Nós não saímos do nosso rumo nenhum minuto —disse.

Na comparação com outros países, o ministro disse que o Japão, que é referência de primero mundo, só começa a vacinação no mês de março.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

5 depredações da esquerda contra o patrimônio público

“Nunca vocês leram alguma notícia sobre um movimento ou partido de esquerda invadir o Congresso Nacional, a Suprema Corte ou o Palácio do Planalto”,...

Valor bloqueado de manifestantes sobe para R$ 18,5 milhões

A Justiça Federal autorizou hoje (21) novos bloqueios de bens de suspeitos de financiar os atos que resultaram na depredação dos prédios dos Três Poderes...

José Dirceu propõe reestruturar papel dos militares no Brasil

Militares precisam voltar para os quartéis e sair de órgãos do governo, sugere. José Dirceu de Oliveira e Silva, ex-ministro da Casa Civil de Lula,...

Lula quer endurecer penas para crimes ‘contra a democracia’

O Ministério da Justiça e Segurança Pública trabalha em uma proposta para endurecer as punições para crimes “contra a democracia”. O projeto, ainda a...

Lula nomeia novo comandante do Exército; Saiba quem é o General Tomás

O governo federal anunciou na tarde deste sábado (21) que o general Tomás Miguel Ribeiro Paiva é novo comandante do Exército. O ex-comandante Militar...
- PUBLICIDADE -