InícioSaúdeNogueira confirma: Ribeirão Preto passa para fase vermelha a partir do próximo...

Nogueira confirma: Ribeirão Preto passa para fase vermelha a partir do próximo sábado

Sobre o toque de recolher, nem mesmo o prefeito soube explicar como funcionara, e afirmou que divulgará ate a próxima Sexta-feira

- continua após a publicidade -

Nova fase será aplicada a partir da zero hora do sábado, dia 6 de março até dia 19 de março.

O anúncio foi feito pelo prefeito Duarte Nogueira, durante coletiva de imprensa na tarde desta quarta-feira.

“Ontem durante reunião com os prefeitos, o governador João Dória e os secretários, foi apresentada a última atualização dos indicadores de regressão ou estabilização, onde cada região, sendo a única região de Taubaté que tinha a perspectiva de ascensão para a fase vermelha. No dia 26, Ribeirão Preto estava com 77% de taxa de ocupação de leitos de UTI, razão pela qual adotamos a fase laranja naquela semana, mas o Ministério Público apresentou recurso ao Poder Judiciário e não conseguiu a liminar, porque não obteve os argumentos necessários, prevalecendo a nossa argumentação”, explicou o chefe do Executivo.

Duarte Nogueira bebendo um Chopp em Campinas durante a fase vermelha em Ribeirão Preto / Fonte : sigilo de fonte

O secretário da Saúde apresentou os argumentos que desta vez, colocam Ribeirão Preto na fase vermelha a partir do próximo sábado.

“Os estudos mostram que nos últimos dias crescemos no número de óbitos na média móvel, além de estarmos com 89,7% de leitos de UTI ocupados, quando foi concluído esse estudo hoje pela manhã, o que nos coloca na fase vermelha”, disse Sandro Scarpelini, ao mostrar os dados da cidade.

O secretário de governo, Antonio Daas Abboud, ressaltou que Ribeirão Preto respeitará a fase vermelha e a restrição de movimentação passará a valer a partir das 20h.

“Para deixar essa determinação mais clara para a população, amanhã teremos uma reunião com a prefeitura, onde será emitido, antes da sexta-feira, uma instrução normativa com as principais dúvidas, que abrangerá todos os setores, de como obedecermos a fase vermelha”, orientou o secretário.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Educação

O ano letivo na Rede Municipal de Ribeirão Preto, exclusivamente remoto, será iniciado na próxima segunda-feira, dia 08 de março, para os alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental, EJA e Educação Especial.

As Unidades Escolares já receberam os materiais que serão utilizados no primeiro bimestre, período esse, de acolhimento e readaptação dos alunos e dos próprios professores à rotina escolar.

Serão retomadas as habilidades essenciais do ano anterior, promovendo o processo de reparação da aprendizagem.

foto ebc

Google Classroom, aulas ao vivo na TV aberta, por meio do Programa Escola na TV, vídeo-aulas, Whatsapp, Facebook e o envio de material impresso aos estudantes serão os canais de comunicação entre as famílias, os alunos e seus professores.

Destacamos que o programa “Escola na TV”, que também inicia no dia 08, terá a sua programação integrada às sequências didáticas norteadas pela Secretaria, sempre com o objetivo de complementar as atividades pedagógicas.

Por fim, a Secretaria Municipal da Educação informa que o acompanhamento da aprendizagem, da frequência e da entrega das atividades será realizado pelo professor, com a orientação da gestão escolar, por meio de um sistema digital.

“Neste primeiro bimestre a programação será voltada para fazer o acompanhamento e complementação do ensino remoto da rede de ensino, portanto, são medidas em respeito aos pais e alunos, para que possam se programar a partir da próxima segunda-feira e amanhã uma divulgação mais ampla, com mais detalhes, para a retomada do ano letivo” orientou o secretário da Educação, Felipe Miguel.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

A verdade que não contam: As picadas ainda estão em testes?

Aprovada pela ANVISA, a bula informa que os estudos do medicamento aplicado, serão conhecidos apenas em 2023. Desta forma é experimental ou não?

AstraZeneca e Janssen têm novo efeito colateral descoberto

Fraqueza nos braços e pernas, formigamentos, dormências, dores ou perda da sensação de dor, além de problemas nos sistemas urinário e digestivo.

Depois da maioria picada os casos explodem em todo mundo

Confira o resumo da aplicadas no Brasil e confira a diferença entre algo efetivo e outro ainda em estudo

Chuvas deixam 45 mil desalojados e 6,6 mil desabrigados em Minas

Nas últimas 24 horas foram registrados 10 mil desalojados

Não Me Perturbe tem quase 10 milhões de cadastros

Cansado de ligações chatas, mecanismo bloqueia chamadas de telemarketing
- PUBLICIDADE -