Início Saúde McDia Feliz 2016 em Jaboticabal tera renda revertida para hospital do câncer...

McDia Feliz 2016 em Jaboticabal tera renda revertida para hospital do câncer de Barretos

- continua após a publicidade -

Que tal saborear um delicioso sanduíche e ainda fazer o bem?

Todos os anos, o último sábado do mês de agosto é marcado pela solidariedade.
O McDia Feliz anualmente beneficia projetos pela cura do câncer infantil e juvenil no Brasil.

O Hospital de Câncer de Barretos será beneficiado com a venda de tíquetes antecipados, produtos promocionais com a marca McDia Feliz e sanduíches Big Mac nos restaurantes das cidades de Alexania (GO), Anápolis (GO), Aparecida de Goiânia (GO), Araçatuba (SP), Barretos (SP), Bebedouro (SP), Catanduva (SP), Goiânia(GO), Jaboticabal (SP), Palmas (TO), Porto Velho (RO), Rio Verde (GO), São José do Rio Preto (SP), Barretos (SP), Goiânia (GO) e Porto Velho (RO).

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A ACIAJA é ponto de venda e distribuição dos produtos em Jaboticabal, Rua São Sebastião- 179- Centro

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Urgente: Bolsonaro afirma que não tem acordo com Doria e não comprar vacina chinesa

Nesta Quarta-feira (21) Brasília deve pegar fogo com decisão de Bolsonaro, cancelando acordo feito entre governadores e Pazuello

Justiça bloqueia R$ 29 milhões em bens de Doria em ação por improbidade

PSDB e sua fake: Doria gastou com propaganda pessoal o equivalente a 21% do total empregado nas obras de asfalto.

Padaria Pet abre unidade em Ribeirão Preto

Loja é a 9ª franquia da rede, que terá tratamento de aromaterapia, espaço para aniversário pet, petiscaria gourmet para cães e gatos como, pipoca, bolo de caneca, cerveja e café

TEL abre 300 vagas de emprego em São Paulo

Home Office: Processo seletivo oferece oportunidades em telemarketing para vendas; empresa já emprega 15 mil profissionais no Brasil

68% dos lojistas apontam aumento nas vendas, após seis meses de quarentena

Setor de eletrônicos foi o mais beneficiado, segundo FCDLESP; apenas 15% das micro e pequenas empresas conseguiram o PRONAMPE