InícioSaúdeJanaina Paschoal e Leticia Aguiar denunciam irregularidades de Doria na venda do...

Janaina Paschoal e Leticia Aguiar denunciam irregularidades de Doria na venda do Hospital Infantil Darcy Vargas

As parlamentares acusam Doria de crime contra a humanidade, crime de responsabilidade e improbidade administrativa: "Nós podemos ir aos tribunais internacionais"

- continua após a publicidade -

Parlamentares visitaram a unidade e fizeram denúncias durante sessão plenária da ALESP

A possibilidade de mudança do Hospital Infantil Darcy Vargas para outro bairro foi tema abordado na tribuna da Alesp pelas deputadas Janaina Paschoal e Leticia Aguiar(PSL). Na tarde de ontem, em reunião mensal entre o governador e deputados estaduais, Janaina Paschoal (PSL) indagou sobre o hospital.

“O governador disse que a decisão de tirar o hospital do lugar onde está não tem volta”,

Na manhã desta quinta-feira (11) as duas parlamentares estiveram visitando no hospital, localizado no Morumbi. O Darcy Vargas foi inaugurado em 1958 e é referência no tratamento pediátrico de alta complexidade.

“A iniciativa privada quer um terreno valiosíssimo para construir um empreendimento mais valioso ainda para ganhar milhões. Essa empreiteira quer entregar um terreno que não vale nada para o estado em troca de um terreno valioso e construir um hospital para dizer que está dando alguma coisa”, comentou a deputada, que considera a troca prejudicial ao estado: “Vamos abrir mão de algo que está operando perfeitamente para entrar num empreendimento em que só quem vai ganhar é esse grupo empresarial”.

Para a deputada Leticia Aguiar a questão é muito grave e caracteriza de especulação imobiliária:

foto divulgação

“Recentemente recebemos muitas denúncias sobre a venda do terreno do Hospital Infantil Darcy Vargas, localizado em uma área nobre da cidade de São Paulo, o que levanta a suspeita de que o hospital é alvo da especulação imobiliária”, declarou.

“É inacreditável imaginar que um gestor público, um representante da população, um governador do estado de São Paulo, que tem ao seu lado, uma primeira dama que cuida do social e do fundo de solidariedade, agir dessa maneira desumana”, disse a deputada Leticia Aguiar em seu pronunciamnto na tribuna da ALESP

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O local é referência em pacientes oncológicos pediátricos, anestesia pediátrica, hemodiálise, doenças raras e crônicas, A unidade hospitalar realiza mais de 4500 atendimentos ambulatoriais por mês, tem 35 médicos residentes e mais de 3 universidades credenciadas para estágios e estudos.

Brasília – Os advogados de acusação, Janaína Paschoal e Miguel Reale Júnior, durante sessão para o julgamento final do processo de impeachment da presidenta afastada Dilma Rousseff. ( Marcelo Camargo/Agência Brasil)

“Nós fomos pessoalmente verificar as instalações e vimos uma estrutura com equipamentos de última geração e profissionais dedicados e humanizados. Esse governador é desumano. Vamos lutar com todas as armas regimentais para reverter essa situação”, declarou a deputada Leticia Aguiar. 

“Se esse homem derrubar esse hospital é crime contra a humanidade, é crime de responsabilidade e improbidade administrativa, nós podemos ir aos tribunais internacionais. É impossível alguém dizer que esse hospital está caindo aos pedaços, eles treinam profissionais para o Brasil inteiro, como este homem quer derrubar o hospital, só pode ser por dinheiro. Não tem explicação.” disse Janaína Paschoal em seu pronunciamento na tribuna da ALESP.

Foto: Marcia Yamamoto/ ALESP

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Cientista chinês deserta para os EUA com segredos de armas hipersônicas

Ele estava disposto a fornecer informações detalhadas sobre o veículo hipersônico em troca de asilo para ele, sua esposa e seu filho.

Brasil já tem mais casos de covid-19 do que no periodo antes da vacina

A pergunta é: Fecha tudo e #fiqueemcasa? As picadas funcionam ou é apenas interesse financeiro?

Aulas da Rede Municipal retornam na próxima semana

Retorno será 100% presencial e obrigatório para os estudantes; todos os protocolos sanitários que dispõem sobre a Covid-19 serão cumpridos. Não é obrigatório apresentar passaporte sanitário.

Morre a cantora e pastora Ludmila Ferber aos 56 anos

"Quando tudo parece estranho ao redor ,Buscar tua face é preciso, Deus Quando a gente não sabe o que está ocorrendo Buscar tua face é preciso, Deus"

Prefeitura obriga funcionalismo apresentar passaporte sanitário

Seu corpo minhas regras: Funcionários que não apresentarem documento serão impedidos de trabalhar e terão descontada do salário.
- PUBLICIDADE -