InícioSaúdeGeneral Pazuello e ex-ministro Osmar Terra são cotados para Saúde

General Pazuello e ex-ministro Osmar Terra são cotados para Saúde

- continua após a publicidade -

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, general Eduardo Pazuello, e o ex-ministro Osmar Terra são cotados para assumir o posto de Nelson Teich, que pediu demissão nesta sexta-feira.

Um terceiro nome, de um almirante do Rio de Janeiro, também tem sido cogitado.

Bolsonaro pretende colocar no comando da Saúde alguém que assine uma recomendação da pasta para que o medicamento seja administrado desde os primeiros sintomas da doença.

Nos últimos dias, Pazuello passou a indicar que acataria, sem qualquer resistência, a orientação do mandatário do Palácio do Planalto.

internet

Diante da fragilidade de Teich, o general passou a atuar nos bastidores, assumindo funções que estavam sob a alçada do ministro.

Neste contexto, o nome do ex-ministro Osmar Terra ganharia pontos.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Há a avaliação de que ele tem mais potencial de comunicação para levantar a bandeira de Bolsonaro a favor da cloroquina do que um militar. O governo entende que a guerra, agora, é de narrativa.

arquivo

A escolha do nome de Pazuello como número dois do Ministério da Saúde se deveu ao sucesso que teve à frente da Operação Acolhida, dedicada a receber imigrantes venezuelanos em Roraima, na qual atuou até dezembro do ano passado, quando foi promovido comandante da 12º Região Militar. Lá, era o general quem pilotava toda logística dos abrigos e viagens de interiorização dos imigrantes.

Médico, Osmar Terra foi ministro da Cidadania no governo de Jair Bolsonaro. Ele foi ministro de Desenvolvimento Social na gestão de Michel Temer. Deixou a pasta para disputar um novo mandato de deputado federal e foi reeleito.

foto internet

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Após armação da esquerda e sigilo de 100 anos das imagens 8 de Janeiro segue sem respostas

Os desdobramentos do quebra-quebra de 8 de janeiro, contudo, parecem longe do fim, pois lula e a carreta furacão não querem CPI e investigação

No Dia do Publicitário, APP Ribeirão lança calendário de atividades de 2023

Com novas datas de atividades e eventos, a Associação dos Profissionais de Propaganda de Ribeirão Preto reúne diretoria no Chopp Time

Saúde prorroga inscrições de concurso público para bolsistas do Programa de Aprimoramento

Inscrições vão até 17 de fevereiro; bolsas são para as áreas de Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Nutrição, Psicologia e Terapia Ocupacional

Lula promete nova regulação para trabalhadores de aplicativos

Brasil tem 1,5 milhão de trabalhadores por aplicativos que podem deixar de trabalhar e ter uma renda, caso seja levado adiante

‘lambança’ é como Haddad chama aredução de ICMS

Durante a campanha lula e Haddad já avisavam que eram contra redução de impostos, bem como a bancada do PT foi contra durante a votação da lei criada por Bolsonaro
- PUBLICIDADE -