Início Saúde Faça sua Parte: RP registra aumento de casos de dengue em janeiro

Faça sua Parte: RP registra aumento de casos de dengue em janeiro

- continua após a publicidade -

Ribeirão Preto confirmou 124 casos de dengue no mês de janeiro de 2019.   O número é 175,5% maior que o registrado no mesmo mês de 2018, quando ocorreram 45 registros da doença.

Os dados constam no Boletim Epidemiológico divulgado nesta sexta-feira, 15 de fevereiro, e mostram também que, na primeira quinzena de fevereiro, foram confirmadas 73 pessoas com dengue na cidade, totalizando 197 casos em 2019.

Em todo o ano passado foram 246 os casos confirmados, número exatamente igual ao registrado em 2017.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O secretário Municipal da Saúde, Sandro Scarpelini, afirmou que embora o número de casos tenha aumentado com relação ao mesmo período do ano passado, o índice é menor que de outras cidades da região, mas é preciso ações efetivas e a conscientização da população para conter a proliferação do mosquito Aedes aegypti e o avanço da doença.

“Isso se deve graças ao serviço desenvolvido pelas nossas equipes, contudo, com o fluxo migratório diário que temos na cidade,  nós temos chance de aumentar o número de casos nos próximos dias. Portanto, mais uma vez estamos aqui para reforçar que, além das nossas atividades, precisamos muito da participação da população limpando sua própria casa” esclarece o secretário.

Dia “D” Contra o Mosquito Aedes aegypti

A Secretaria Municipal da Saúde está tomando uma série de providências para mobilizar a população e conscientizá-la sobre medidas para conter o avanço de casos de dengue na cidade. Neste sábado, dia 16 de fevereiro, na data considerada o Dia “D” de Combate ao mosquito Aedes aegypti, haverá um arrastão de limpeza nos bairros Jardim Maria Casa Grande Lopes, Parque dos Pinus, Heitor Rigon e Orestes Lopes de Camargo, com foco em eliminar criadouros do transmissor da doença.

A ação terá início às 7h30, com previsão de término às 13h, e envolverá aproximadamente 100 funcionários da Divisão de Vigilância Ambiental em Saúde, com o suporte de 12 caminhões e 15 viaturas.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A diretora do Departamento de Vigilância em Saúde, Luzia Marcia Romanholi Passos, ressalta que essas ações de mobilização promovidas pela Prefeitura, aliadas à conscientização da população, são os únicos caminhos para evitar as doenças que o mosquito transmite.

“Pedimos às pessoas que ajudem nessa mobilização e já se preparem, que deixem separado somente o que são considerados possíveis criadouros do mosquito para que possamos recolher com agilidade. A conscientização das pessoas é muito importante, além da coleta do material, orientamos a população sobre os riscos em deixar água parada nessa época de chuva, o que contribui para o aumento de proliferação do mosquito”, orienta.

Apoio do Governo do Estado de São Paulo

Na última terça-feira, 12 de fevereiro, o prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira,  e o secretário Municipal da Saúde, Sandro Scarpelini, receberam o apoio do Governo do Estado no combate ao mosquito.

O secretário de Saúde do Estado de São Paulo, José Henrique Germann Ferreira, acompanhado do secretário Chefe da Casa Militar e coordenador da Defesa Civil do Estado de São Paulo, Coronel PM Walter Nyakas Júnior, estiveram em Ribeirão Preto para anunciar as medidas que serão tomadas em conjunto com a Prefeitura.

Duarte Nogueira disse que o encontro teve o caráter de adesão à campanha e o anúncio de uma série de medidas, as que já foram adotadas e intensificadas em Ribeirão Preto e outras que serão incorporadas às ações, juntamente com o Governo do Estado de São Paulo, no combate ao mosquito Aedes aegypti em toda a cidade.

“Iremos colocar a coordenadoria da Defesa Civil Municipal, a Guarda Civil Municipal com as equipes da Secretaria Municipal da Saúde e da Sucen, que envolvem algo em torno de 150 pessoas, trabalhando no combate ao mosquito Aedes aegypti” anunciou o prefeito.

O chefe do Executivo ainda fez questão de enfatizar que 80% dos criadouros potenciais do mosquito Aedes aegypti estão dentro das casas e a conscientização da população é de extrema importância para vencera batalha contra a dengue e outras doenças que o mosquito transmite.

“Esse é um papel importante e de cidadania que cada uma das pessoas deve exercer, olhar os vasinhos, verificar se tem água parada, olhar com uma lanterna se tem larva, secar, eliminar focos e não permitir que o mosquito se prolifere, para que nós possamos manter a cidade sem epidemia e a saúde pública em boas condições para a população”, disse.

Outras ações

Além de intensificar as ações de combate ao mosquito, a Prefeitura de Ribeirão Preto deu início a uma campanha na televisão, rádio, jornal e outras mídias para mobilizar a população no combate ao mosquito Aedes aegypti.

As empresas de Outdoors de Ribeirão Preto anunciaram ao prefeito Duarte Nogueira, durante reunião na segunda-feira, 11 de fevereiro, que disponibilizarão gratuitamente painéis que não estiverem em uso para a campanha de mobilização e conscientização da população.

Chikungunya, zika vírus, microcefalia, febre amarela e gripe H1N1

Já para a chikungunya, o mês de janeiro não registrou nenhum caso da doença. Em janeiro de 2018 também não houve nenhum caso confirmado.

Em janeiro de 2019, foram notificados e investigados dois casos de zika vírus, mesmo número de janeiro de 2018, mas nenhum confirmado.

Casos de microcefalia ou outras alterações neurológicas possivelmente relacionadas à infecção pelo zika vírus também não foram registrados em janeiro de 2019 e nem em outros meses do ano passado.

De acordo com o Boletim Epidemiológico, não houve registro de febre amarela em janeiro deste ano. Desde 2016 não há registro de casos da doença em Ribeirão Preto.

Com relação à Síndrome Respiratória Aguda Grave (gripe causada pelo vírus Influenza H1N1), não foi confirmado nenhum caso da doença em janeiro deste ano.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Urgente: Bolsonaro afirma que não tem acordo com Doria e não comprar vacina chinesa

Nesta Quarta-feira (21) Brasília deve pegar fogo com decisão de Bolsonaro, cancelando acordo feito entre governadores e Pazuello

Justiça bloqueia R$ 29 milhões em bens de Doria em ação por improbidade

PSDB e sua fake: Doria gastou com propaganda pessoal o equivalente a 21% do total empregado nas obras de asfalto.

Padaria Pet abre unidade em Ribeirão Preto

Loja é a 9ª franquia da rede, que terá tratamento de aromaterapia, espaço para aniversário pet, petiscaria gourmet para cães e gatos como, pipoca, bolo de caneca, cerveja e café

TEL abre 300 vagas de emprego em São Paulo

Home Office: Processo seletivo oferece oportunidades em telemarketing para vendas; empresa já emprega 15 mil profissionais no Brasil

68% dos lojistas apontam aumento nas vendas, após seis meses de quarentena

Setor de eletrônicos foi o mais beneficiado, segundo FCDLESP; apenas 15% das micro e pequenas empresas conseguiram o PRONAMPE