Início Saúde E o promotor ficou com cara de tacho: Ribeirão continua amarela

E o promotor ficou com cara de tacho: Ribeirão continua amarela

Agora com a decisão do estado o promotor que se considera CIENTISTA, vai colocar o rabinho entre as pernas, afinal já temos muitos chefes para poucos índios.

- continua após a publicidade -

O Governo de São Paulo oficializou, no início da tarde desta sexta-feira (11), a manutenção de Ribeirão Preto na fase amarela.

Ribeirão Preto, atualmente, possui 70,45% dos leitos de UTI ocupados, sendo 155 leitos em ocupação dentro de um total de 220.

Nesta Quinta-feira um promotor de Ribeirão Preto, tomado pelo espírito de Alexandre de Moraes, se considerando deus, ditou uma ordem debaixo de vara, para que Ribeirão se mantivesse alaranjada, ou viriam multas, prisões, e até a presença de seres extraterrestres.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Agora com a decisão do estado o promotor que se considera CIENTISTA, vai colocar o rabinho entre as pernas, afinal já temos muitos chefes para poucos índios.

Ontem: E a brincadeira continua. MP manda cidade alaranjar

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

SINCOVARP e CDL realizam ações de Natal no comércio de Ribeirão Preto

O NATAL MAIS RIBEIRÃO reúne iniciativas que vão de estímulo às vendas até cultura, entretenimento e conscientização sobre a prevenção e combate ao Covid-19

Agrishow anuncia alteração da data de realização na edição 2021

A feira estava prevista para acontecer no final de abril do próximo ano.

Trafico: Mulher melancia foi presa

A suspeita foi detida à cerca de 100 Km de Ribeirão Preto, enquanto ia de ônibus até o Rio de Janeiro.

Comercio de Ribeirão Preto poderá funcionar até 22 horas

O comercio não pode exceder 10 horas diárias, com isso precisarão se adaptar para atendimento noturno.

Dezembro Vermelho começa com “Dia Mundial de Luta Contra a Aids” em Ribeirão Preto

Testagem para HIV e Sífilis será reforçada de 1º a 5 de dezembro nas unidades de saúde da rede municipal