InícioSaúdeDurante as festas juninas e julinas, os cuidados com a saúde bucal...

Durante as festas juninas e julinas, os cuidados com a saúde bucal não devem ser esquecidos

- continua após a publicidade -

Escovação até 30 minutos após consumo dos alimentos doces é fundamental para manter a boca saudável 

As comemorações características de junho e julho estão a todo vapor, e com elas chegam os doces. Quem não gosta de pé de moleque, arroz doce, cocada, maçã do amor e tantas outras delícias? No entanto, o excesso de açúcares pode ser prejudicial à saúde bucal se os cuidados necessários não forem realizados.

Segundo o cirurgião-dentista Camillo Anauate Netto, membro da Câmara Técnica de Dentística do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo, durante as festas juninas e julinas as pessoas devem estar atentas à higienização da boca até 30 minutos depois da ingestão dos alimentos. O procedimento deve envolver uma escova de dente ultramacia, escovas interdentais e fio dental.

O açúcar se combina com a placa bacteriana, formando substâncias ácidas que dissolvem o esmalte dentário, aumentando a incidência de cáries. No entanto, nessa época é comum a presença de alimentos doces e pastosos, como paçoca e pé de moleque, que têm maior aderência nos dentes, aumentando a chances de dissolução do esmalte dental.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Quanto às crianças e aos jovens, o quadro se torna um pouco mais complicado, uma vez que seus dentes não atingiram maturação completa e, portanto, têm maior facilidade de se degradar. Os cuidados, no entanto, são os mesmos para todas as idades, inclusive para aqueles que usam próteses.

Caso a higienização bucal não possa ser realizada em até 30 minutos, não é recomendável que se deixe passar de três a quatro horas. Nesse caso, fazer bochecho com água normal e mascar goma sem açúcar podem ser alternativas para diminuir a incidência dos riscos causados pelos doces.

Quem fez clareamento dental não deve ter receio das comidas do período – há pesquisas que apontam que os riscos dos alimentos mancharem os dentes são praticamente os mesmos para toda a população. “Durante a época de São João, as quantidades ingeridas, por exemplo, de vinho quente, não são suficientes para gerar pigmentação”, explica Neto. A pigmentação, quando ocorrer, pode ser removida com a higienização também dentro do período recomendado pelo cirurgião-dentista.

Com essas recomendações, todos podem aproveitar inteiramente as festas sem preocupação com os riscos. “O mais importante é tentar não manter o açúcar muito tempo em contato com os dentes”, conclui o cirurgião-dentista.

Sobre o CROSP – O Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP) é uma autarquia federal dotada de personalidade jurídica e de direito público com a finalidade de fiscalizar e supervisionar a ética profissional em todo o Estado de São Paulo, cabendo-lhe zelar pelo perfeito desempenho ético da Odontologia e pelo prestígio e bom conceito da profissão e dos que a exercem legalmente. Hoje, o CROSP conta com 115 mil profissionais inscritos. Além dos cirurgiões-dentistas, o CROSP detém competência também para fiscalizar o exercício profissional e a conduta ética dos Técnicos em Prótese Dentária, Técnicos em Saúde Bucal, Auxiliares em Saúde Bucal e Auxiliares em Prótese Dentária. Mais informações: www.crosp.org.br

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Organização IYF e empresas parceiras adotam como missão o desenvolvimento social e econômico do país

A essência da responsabilidade social está em adotar atitudes benéficas e proativas para a sociedade e o meio ambiente.

Cerca de 40 mil pessoas não retornaram para receber a segunda dose da vacina contra Covid-19

Dados são Vigilância Epidemiológica, que conclama a população a procurar os postos de vacinação e manter o controle da doença

“Concertos Internacionais” apresenta homenagem a Astor Piazzolla

Concerto será transmitido no dia 23 de outubro, às 19h, como parte das comemorações de 91 anos do Theatro Pedro II

Nogueira quer que você receba agua do Rio Pardo nas torneiras

Hoje a agua do DAERP é do aquífero guarani, uma agua mineral será substituída por aguas do Rio Pardo. Você aprova esta mudança?

Atenção: Alerta para tentativa de golpe contra aposentados

Instituto de Previdência orienta beneficiários a não informar dados pessoais ou bancários
- PUBLICIDADE -