Início Saúde Doria indica que quarentena será flexibilizada por regiões

Doria indica que quarentena será flexibilizada por regiões

O BURRO diz que adotara 'quarentena inteligente' a partir de 1º de junho, de acordo com a situação do coronavírus em cada município paulista Porque não fez antes?

- continua após a publicidade -

O Mini ditador de São Paulo , João Doria , negou que pretenda decretar o lockdown , faltando seis dias para o fim da quarentena.

Ele afirmou que a partir de 1º de junho será adotada uma “quarentena inteligente”, na qual as medidas de isolamento irão variar de acordo com a situação em cada região

.

ARQUIVO

“Neste momento não há perspectiva de lockdown imediato em São Paulo, mas o protocolo existe, ou seja, neste exato momento nós não vamos decretar lockdown nem na capital de São Paulo, nem em nenhuma outra cidade do estado de São Paulo, nós temos 645 municípios aqui, mas o olhar é diário, o acompanhamento é feito diariamente”, disse Doria, em entrevista à GloboNews.

arquivo
- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A “quarentena inteligente”, sera anunciada em coletiva de imprensa nesta quarta-feira, dia 27, ao lado do prefeito da capital paulista, Bruno Covas.

“Para ser muito preciso, nós teremos uma nova quarentena. Mas será uma

quarentena inteligente,

porque levará em consideração toda a regionalização de São Paulo, do interior, da capital e da região metropolitana, do litoral.

A decisão não será homogênea ou BURRA como tem feito até o momento

Áreas e regiões em que possamos nessa quarentena inteligente ter um olhar diferente, nós vamos fazer.

foto divulgação

Covas e Doria se desentendem sobre combate ao coronavírus

Enquanto Covas defende um endurecimento da quarentena para evitar o colapso dos hospitais e cemitérios, Doria flerta com flexibilizações do isolamento social a partir de 1º de junho.

O auge da tensão deu-se na semana passada, quando entrou em vigor um rodízio de veículos rigoroso na cidade. A medida, anunciada pelo prefeito, não durou uma semana. Filas em estações de trens e metrô obrigaram Covas a admitir o fracasso da iniciativa.

O prefeito e o secretário estadual de Transportes Metropolitano, Alexandre Baldi, bateram boca pela TV sobre o episódio. Covas culpou a secretaria de não ajustar a frota de trens ao aumento de demanda que o rodízio causou. O secretário acusou o prefeito de tomar a medida unilateralmente sem avisar a pasta.

Doria está numa saia-justa. Enquanto o prefeito da capital pressiona por um lockdown, outros da região metropolitana resistem em apoiar tal medida.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

É consenso no comitê de combate ao coronavírus de São Paulo que uma medida desse tipo isoladamente na capital paulista não trará o benefício esperado.

arquivo

Na semana passada, a prefeitura recebeu da Defensoria Pública um ofício alertando para o risco de começarem saques na cidade.

arquivo

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Ação do Dia Mundial da Limpeza recolheu 5 toneladas de resíduos sólidos em Ribeirão Preto

Centenas de pessoas participaram do evento. Material recolhido foi encaminhado para destinação adequada

Da ala bolsonarista raiz Rodrigo Junqueira traz o PSL para disputa real a prefeitura

Entenda o que esta em jogo nas eleições de 2020, e quais os reais interesses para o futuro de Ribeirão Preto

O desespero do “Fique em Casa”, impediu a visão dos mais humildes ou desinformados

A politica da "reclusão" do povo, exemplificando o Estado de São Paulo, com a impossibilidade de tratamento antecipado de muitas pessoas, atrapalhou um resultado promissor

O preço do arroz subiu, e agora? Bora substituir o cereal em grande estilo

O chef Melchior preparou uma receita saborosa com um acompanhamento ideal para substituir o arroz e salvar o seu bolso em grande estilo.

Mortes no trânsito sobem na região de Ribeirão Preto

Vítimas fatais aumentam em 17% no mês de agosto segundo o Infosiga SP. Índices reduziram em todo o Estado