Início Saúde Coronavírus: Boletim epidemiológico de Ribeirão Preto (24) mostra 8 casos sendo que...

Coronavírus: Boletim epidemiológico de Ribeirão Preto (24) mostra 8 casos sendo que 5 aguardam contraprova

Boletim epidemiológico com números atualizados na tarde desta Terça-feira (24), conforme números da secretaria de Sade de Ribeirão Preto

- continua após a publicidade -

Coronavírus (COVID19)

Quadro 1: Distribuição dos casos notificados (suspeitos) e confirmados de Coronavírus, em pacientes residentes em Ribeirão Preto, segundo data do início dos sintomas – Ano 2020

Mês da Notificação Notificados Confirmados Aguardando Contraprova Descartados Em investigação
Janeiro 0 0 0 0 0
Fevereiro 4 0 0 4 0
Março 183 3 5 14 161
Total 187 3 5 18 161

Conforme a Resolução SS-28, de 17 de março-2020, publicada no Diário Oficial do Estado de São Paulo, desde 19/03/2020 estão sendo notificados apenas casos hospitalizados com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), e portanto, não serão mais notificados casos de Síndrome Gripal com suspeita de Coronavírus atendidos ambulatorialmente. Sendo assim, a partir dessa publicação, será incluída uma planilha referente aos casos internados de Sindrome Respiratória Aguda Grave ( SRAG) que além da suspeita de COVID-19 também farão parte da vigilância da Influenza, através do sistema Sivep-Gripe.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Quadro 2: Casos notificados de SRAG hospitalizados em pacientes residentes em Ribeirão Preto, 2020, segundo dia de notificação

arquivo

Quadro 03: Distribuição dos casos notificados (suspeitos) de SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave), em pacientes residentes em Ribeirão Preto, segundo inicio de sintomas – Ano 2020.

Mês da Notificação Total
Janeiro 5  
Fevereiro 11
*Março * 59
Total  75

*     A partir de 21/03 os casos de SRAG internados também serão  colhidos exames para detecção de coronavírus

Quadro 04: Casos confirmados de SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) por Influenza e COVID-19, segundo etiologia e mês de início dos sintomas, em pacientes residentes de Ribeirão Preto/ SP, 2020

divulgação

Principais Medidas de Prevenção para o Coronavírus (COVID-19):

Essas são as principais recomendações para diminuição do risco de transmissão do COVID-19, mas desde que sejam realizadas sempre:

 Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar álcool gel 70%.
 Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
 Evitar contato próximo com pessoas doentes.
 Ficar em casa quando estiver doente.
 Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
 Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
 Manter o ambiente limpo e arejado.
 Evitar aglomerações ou locais com muitas pessoas.
 Manter sempre que possível a distância de pelo menos dois metros de qualquer pessoa em ambientes coletivos.
 Seguir todas as orientações das autoridades públicas quanto à restrição de movimentação e contato com outras pessoas.
 Quando as atividades escolares estiverem suspensas, as crianças deverão permanecer em casa, ou seja, não frequentar outras áreas coletivas.

foto divulgação

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Bolsonaro sanciona MP dos 600,00

Os trabalhadores deverão cumprir alguns critérios, em conjunto, para ter direito benefício, veja se você poder receber

Campanha de vacinação contra gripe atinge 88% dos idosos de Ribeirão Preto

As doses de vacinas acabaram novamente e a previsão é de que a campanha seja retomada na próxima semana, portanto aguarde nova remessa.

Coronavírus: Ribeirão Preto tem 54 casos confirmados até a tarde desta Quarta-feira (01)

Ribeirão Preto investiga 7 mortes por dengue em 2020, Ao todo, 6,8 mil pessoas contraíram dengue apenas neste trimestre

João Rock é adiado para 12 de setembro

Por conta do Coronavírus, um dos maiores festivais de música do País, o João Rock anunciou hoje a nova data de sua 19ª edição

Bebê com dengue morre em Sertãozinho

Outras duas crianças já morreram em hospitais de Ribeirão Preto em decorrência da dengue neste ano. Evitar a dengue só depende de cada um.
- PUBLICIDADE -