InícioSaúdeCome-Fogo’ solidário: Banco de Sangue de RP inicia nesta sexta, 16, campanha...

Come-Fogo’ solidário: Banco de Sangue de RP inicia nesta sexta, 16, campanha por mais doações de sangue

- continua após a publicidade -

Rivalidade nos campos, respeito e solidariedade entre as torcidas. Comercial e Botafogo, os times mais amados de Ribeirão Preto, unem-se a partir desta sexta-feira, 16, para uma campanha de amor e solidariedade em prol do Banco de Sangue de Ribeirão Preto. A ação “Come-Fogo Solidário” acontecerá até 28 de fevereiro, com o apoio dos times e das respectivas torcidas, na unidade do Banco do Sangue, localizada na rua Quintino Bocaiúva, 895, das 7h às 18h, de segunda a sábado. A iniciativa também homenageará os primeiros voluntários com um copo personalizado de cada time. Além disso, para a torcida que conseguir levar mais doadores ao Banco de Sangue será sorteada uma camisa oficial do time do coração.

De acordo com o líder de captação Eli Mendes, do Banco de Sangue de Ribeirão Preto, o apoio demonstrado pelas torcidas e dirigentes dos dois clubes é de extrema importância, principalmente nesse período de pós-Carnaval, quando muitas pessoas viajaram e deixaram de doar, e, infelizmente, é uma época em que aumentam as demandas por bolsas de sangue nas emergências dos hospitais. “Unir duas torcidas tão tradicionais em prol de algo tão essencial quando é a doação de sangue é algo que enche nossos corações de orgulho e amor. E, mais do que isso, de esperança em ver mais doações. O exemplo que essas duas torcidas, rivais no campo e unidas por um bem maior, estão nos dando é muito bom”, explica.

O Banco de Sangue de Ribeirão Preto é responsável por atender ao menos cinco hospitais da cidade e realiza cerca de 1.200 transfusões de sangue por mês. Quem quiser ajudar, independentemente da torcida no futebol, basta estar em boas condições de saúde e pesar mais de 50 quilos. Não é necessário fazer jejum, mas é preciso esperar três horas após o almoço ou a ingestão de alimentos gordurosos. No local, basta apresentar um documento oficial com foto e ter entre 16 e 69 anos (menores de idade precisam de autorização e estar acompanhados por um responsável). O voluntário não pode ter ingerido bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação. Quem tiver feito tatuagem ou piercing recentemente, ou endoscopia e processos endoscópicos, precisa aguardar seis meses após o procedimento.

Sobre o Banco de Sangue de Ribeirão Preto

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Os interessados em doar não precisam agendar horário, basta comparecer à unidade na Rua Quintino Bocaiúva, 895, no bairro Vila Seixas (atrás do Hospital São Lucas). O horário de atendimento é das 7h às 18h, de segunda a sábado (exceto feriados). Para os doadores há estacionamentos gratuitos nas esquinas das ruas Quintino Bocaiúva com Amadeu Amaral e Vicente de Carvalho.  Para mais informações pelo telefone (16) 3610-1515

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Colégio Metodista suspende atividades em Ribeirão Preto

Instituição contava com 122 anos de atuação na cidade encerra atividades por conta da situação financeira da instituição de ensino. A economia vemos depois.

O fundo do posso sem fundo: Fiocruz indica atenção com dengue

Períodos chuvosos atrelados ao calor são favoráveis à proliferação do Aedes aegypti, que é também transmissor do vírus da zika e chikungunya.

Mãe do presidente Jair Bolsonaro morre aos 94 anos

De Uma família humilde do interior de São Paulo, dona Olinda, partiu mas pode ver os feitos do filho. Nossos sentimentos ao @jairmessias.bolsonaro

Coronavac é liberada e SP confirma dose para crianças em até 3 semanas

Eles garantem que o medicamento é seguro, e casos de mortes não são relacionados com a picada salvadora. Se ele garante nós acreditamos na ciência.

Criança de 10 anos infartou depois da picada mas o motivo não foi a vacina

Prefeitura diz que criança teve parada cardíaca após vacina, mas estado rapidamente concluiu que criança tinha doença rara no coração que os pais não sabiam. E nós acreditamos no trancarua
- PUBLICIDADE -