InícioSaúdeCom um caso em 24 horas Doria deve determinar lockdown em Ribeirão

Com um caso em 24 horas Doria deve determinar lockdown em Ribeirão

Em entrevista coletiva no início da tarde desta sexta-feira, 15 , João Doria, anunciou que avalia possibilidade de um lockdown no Estado.

- continua após a publicidade -

Em entrevista coletiva no início da tarde desta sexta-feira, 15 de maio de 2020, o governador de São Paulo, João Doria, anunciou que avalia dia a dia a possibilidade de um lockdown no Estado.

Segundo o governador, o protocolo existe e está pronto.

O governador disse que o tema já foi abordado com os prefeitos e que a decisão não pode ser tomada isoladamente, por exemplo, somente na capital pelo impacto nos municípios vizinhos.

Doria ainda diz que tem dialogado com o prefeito Bruno Covas e que a manutenção ou não do “mega rodízio” de veículos depende do balanço desta semana.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Até o momento, o índice de isolamento subiu muito pouco, mas a demanda de transporte coletivo teve um crescimento maior.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Cerca de 40 mil pessoas não retornaram para receber a segunda dose da vacina contra Covid-19

Dados são Vigilância Epidemiológica, que conclama a população a procurar os postos de vacinação e manter o controle da doença

“Concertos Internacionais” apresenta homenagem a Astor Piazzolla

Concerto será transmitido no dia 23 de outubro, às 19h, como parte das comemorações de 91 anos do Theatro Pedro II

Nogueira quer que você receba agua do Rio Pardo nas torneiras

Hoje a agua do DAERP é do aquífero guarani, uma agua mineral será substituída por aguas do Rio Pardo. Você aprova esta mudança?

Atenção: Alerta para tentativa de golpe contra aposentados

Instituto de Previdência orienta beneficiários a não informar dados pessoais ou bancários

Ditador Moraes manda prender e extraditar Allan dos Santos

Se não estamos vivendo em uma ditadura do judiciário, o que se compara com atitudes destes loucos? Maduro, Chaves, Alexandre de Moraes...
- PUBLICIDADE -