InícioSaúdeCampanha na Anhanguera, em RP, alertará caminhoneiros para riscos do sono ao...

Campanha na Anhanguera, em RP, alertará caminhoneiros para riscos do sono ao volante

- continua após a publicidade -

Com o objetivo de reduzir o índice de colisões traseiras e conscientizar os motoristas sobre os riscos da sonolência ao volante, a Autovias – empresa controlada pela Arteris que integra o Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo –promoverá, nos dias 8 e 9 de novembro (quarta e quinta-feira), a campanha Viva Caminhoneiro – Acorda Motorista. A ação acontecerá das 20 horas à meia-noite na base da Polícia Militar Rodoviária situada à altura do quilômetro 305 (sentido Sul) da Via Anhanguera (SP-330), em Ribeirão Preto, e contará com apoio da corporação.

Os caminhoneiros serão abordados pelos policiais. Em seguida, a equipe da concessionária dará diversas orientações aos motoristas, como o tempo correto de descanso e a importância de evitar o uso de medicamentos e substâncias para combater a sonolência, além da realização de exames básicos de saúde – aferição da pressão arterial e batimentos cardíacos. Por fim, os participantes terão à disposição inspeção veicular nos caminhões, com troca de lâmpadas queimadas de faróis e lanternas.

 

Perigo ao volante

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

 

            Um levantamento feito pela Arteris revelou que caminhoneiros que rodam pelas estradas brasileiras enfrentam problemas de saúde. Além disso, 10% dos motoristas dirigem com sono, aumentando o risco de acidentes no trânsito, e 8% admitem o uso de anfetaminas. A pesquisa foi realizada com quase 5 mil caminhoneiros entre agosto de 2015 e agosto de 2016.

Segundo dados da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (ABRAMET), o sono e a fadiga são responsáveis por 60% dos acidentes no Brasil, sendo que a sonolência ao volante já é a segunda maior causa de acidentes nas rodovias brasileiras. De acordo com a Fundação Nacional do Sono, a insônia aumenta em 250% o risco de acidentes de trânsito nas estradas. Se o motorista sofrer com a apneia do sono, os dados pioram: o risco é elevado para 700%.

Dados da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) apontam que, após 19 horas de privação de sono, existe a diminuição de desempenho igual à observada em indivíduos com teor alcoólico no sangue de 0,70 g/l, ou seja, o sono causa a sensação de embriaguez equivalente a seis copos de cerveja ou três de vinho para um homem de 90 kg.

SERVIÇO

Campanha Viva Caminhoneiro – Acorda Motorista

Quando: 8 e 9/11, das 20h à 0h

Onde: Base da PMRv – Via Anhanguera (SP-330), quilômetro 305 (Pista Sul) – Ribeirão Preto

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Valor bloqueado de manifestantes sobe para R$ 18,5 milhões

A Justiça Federal autorizou hoje (21) novos bloqueios de bens de suspeitos de financiar os atos que resultaram na depredação dos prédios dos Três Poderes...

José Dirceu propõe reestruturar papel dos militares no Brasil

Militares precisam voltar para os quartéis e sair de órgãos do governo, sugere. José Dirceu de Oliveira e Silva, ex-ministro da Casa Civil de Lula,...

Lula quer endurecer penas para crimes ‘contra a democracia’

O Ministério da Justiça e Segurança Pública trabalha em uma proposta para endurecer as punições para crimes “contra a democracia”. O projeto, ainda a...

Lula nomeia novo comandante do Exército; Saiba quem é o General Tomás

O governo federal anunciou na tarde deste sábado (21) que o general Tomás Miguel Ribeiro Paiva é novo comandante do Exército. O ex-comandante Militar...

General demitido por Lula reúne Alto Comando do Exército

Objetivo é anunciar a decisão do presidente de demiti-lo
- PUBLICIDADE -