InícioSaúdeBanco de Sangue de Ribeirão Preto esclarece sobre o período de inaptidão

Banco de Sangue de Ribeirão Preto esclarece sobre o período de inaptidão

A falta de informações corretas gera dúvidas, e tem afastado os doadores dos Bancos de Sangue do país.

- continua após a publicidade -

A falta de informações corretas sobre o período em que o doador ao ser vacinado contra a Covid-19 deve esperar para poder doar sangue, gera dúvidas, e tem afastado os doadores dos Bancos de Sangue do país.

“As pessoas ainda acham equivocadamente que precisam esperar um tempo mais longo do que o necessário para doarem sangue. E isso tem impactado na queda dos nossos estoques”, explica Eli Mendes, líder de captação do Banco de Sangue de Ribeirão Preto.

O líder de captação destaca a importância das pessoas se programarem para doar sangue neste momento em que o processo de vacinação está em ritmo acelerado no país, pois há um período de inaptidão temporária para cada vacina – Coronavac são 48 horas, AstraZeneca, Pfizer e Janssen são 7 dias.

arquivo

“Os doadores que recebem o imunizante contra o coronavírus se tornam inabilitados a doarem sangue por um período curto que varia de 48 horas a uma semana. Por isso, é importante que eles estejam atentos a esse prazo e façam a sua doação antes ou depois de se vacinarem, e também incentivem seus amigos e familiares que estejam aptos a praticar esse gesto solidário que salva vidas”, afirma.

Eli Mendes ressalta a necessidade de incentivar os dois gestos: “tanto a vacina, quanto a doação de sangue salvam vidas e são atos solidários. Quando nos vacinamos estamos também pensando na imunidade do próximo, e, ao doarmos sangue, estamos proporcionando que mais pessoas tenham direito à vida”, conclui.

Reforçando o período de inaptidão das vacinas:

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

• Coronavac – ao ser vacinado, a pessoa deve aguardar 48 horas para doar sangue;

• AstraZeneca, Pfizer e Janssen – a pessoa deve aguardar 7 dias.

O Banco de Sangue de Ribeirão Preto informa ainda que a situação dos estoques continua crítica. No momento, o déficit das bolsas sanguíneas é de 35%, um fator preocupante, pois as demandas vêm aumentando em razão da retomada da vida social, do retorno de cirurgias eletivas, além dos pacientes que prosseguem em tratamentos de Covid, anemias, câncer, dentre outros procedimentos. A unidade atende a cinco hospitais entre públicos e privados em Ribeirão Preto.

O Banco de Sangue de Ribeirão Preto segue rigorosamente todos os protocolos de segurança contra a Covid-19 e por isso conquistou o selo Covid Free de Excelência, concedido pelo IBES – Instituto Brasileiro para Excelência em Saúde, em reconhecimento por manter as melhores práticas de prevenção e enfrentamento da pandemia de coronavírus.

Recentemente mudou de endereço e está agora na Rua Quintino Bocaiúva, 975, a apenas 50 metros do antigo local. O novo ambiente dispõe de uma infraestrutura ampla, em um espaço exclusivo para acolher o doador de sangue com o mesmo carinho, agilidade e atenção, atendendo de segunda-feira a sábado, das 7h às 18h.

Requisitos básicos para doação de sangue:

• Apresentar um documento oficial com foto (RG, CNH, etc.) em bom estado de conservação;

• Ter idade entre 16 e 69 anos desde que a primeira doação seja realizada até os 60 anos (menores de idade precisam de autorização e presença dos pais no momento da doação);

• Não é permitido realizar doação acompanhado de menores de 12 anos (exceto se o menor estiver acompanhado de dois adultos, sendo necessário o revezamento dos mesmos enquanto acontece a doação);

• Estar em boas condições de saúde;

• Pesar no mínimo 50 kg;

• Não ter feito uso de bebida alcoólica nas últimas 12 horas;

• Após o almoço ou ingestão de alimentos gordurosos, aguardar 3 horas. Não é necessário estar em jejum;

• Se fez tatuagem e/ou piercing, aguardar 12 meses. Exceto para região genital e língua (12 meses após a retirada);

• Não ter diabetes em uso de insulina;

• Se passou por endoscopia ou procedimento endoscópico, aguardar 6 meses;

• Não ter tido Doença de Chagas ou Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST);

• Candidatos que apresentaram sintomas de gripe e/ou resfriado devem aguardar 7 dias após cessarem os sintomas para realizar doação de sangue;

• Aguardar 48h para doar caso tenha tomado a vacina da gripe, desde que não esteja com nenhum sintoma;

Consulte nossa equipe em casos de hipertensão, uso de medicamentos e cirurgias.

Critérios específicos para o Coronavírus:

• Se teve contato com paciente positivo ou com suspeita de COVID-19, aguardar 14 dias;

• Se contraiu COVID-19, aguardar 30 dias;

• Aguardar 48h caso tenha tomado a vacina Coronavac/Sinovac e 7 dias caso tenha tomado a Astrazeneca, Pfizer ou Janssen;

• Candidatos que viajaram para o exterior devem entrar em contato com o Banco de Sangue para entender o período que não pode doar (varia de país a país).

Serviço

Banco de Sangue de Ribeirão Preto

Endereço: Rua Quintino Bocaiúva, 975 – Vila Seixas

Telefones: (16) 3977-5900 | WhatsApp: (16) 99702-0830

Atendimento: das 7h às 18h, de segunda-feira a sábado

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Festival do Café traz expositores, cursos, palestras e apresentações musicais

Evento será realizado de sexta a domingo (7 a 9 de outubro) no espaço A Fábrica, com entrada gratuita e shows do projeto Choro da Casa, Verônica Ferriani e Luciana Mello

Ladeira abaixo: corrida de carrinhos agita Ribeirão neste domingo

Rotas alternativas no trânsito na zona Sul vão auxiliar motoristas e moradores durante o evento

Cursos do Programa Inclusão Produtiva estão com inscrições abertas

Fabricação de Produtos de Confeitaria e de Pães Doces e Semidoces são os cursos oferecidos

Orquestra Beija-flor da IAS se apresenta na 19ª Feira do Livro de Sertãozinho 

Apresentação será na sexta-feira, dia 7, às 19h30, no palco principal na Praça Mané Gaiola, no Centro

Altinópolis receberá ônibus do Cidadania Itinerante

Confira os serviços que serão oferecidos para a população: emissão de 2ª via de certidões (nascimento, casamento e óbito), de CPF e de contas de consumo (água e luz); emissão de carteira de trabalho digital; atestado de antecedentes criminais; entrada no seguro-desempregoentre outros
- PUBLICIDADE -