InícioRegiãoTaquaritingaTaquaritinga: Município está próximo da meta da vacinação contra pólio e sarampo

Taquaritinga: Município está próximo da meta da vacinação contra pólio e sarampo

- continua após a publicidade -

O Serviço de Vigilância Epidemiológica de Taquaritinga informa que a cidade atingiu o índice de 91% de cobertura vacinal da Campanha contra Pólio e Sarampo. “Estamos muito próximo da meta sugerida pelo Ministério da Saúde, que é de 95%, por isso, continuaremos vacinando até o dia 28 de setembro”, informou Ana Moi, enfermeira responsável pela Vigilância Epidemiológica.

Os maiores índices foram obtidos entre as crianças de três anos, que atingiram 99,85% contra pólio e 99,70% contra o sarampo; os menores índices estão entre as crianças de um ano, com 85,55% contra pólio e 85,71% contra o sarampo.

As salas de vacinas, à disposição da população, são as da UBS Antonio Abud (Jardim Buscardi), UBS Ederaldo Pereira Marques (Vale do Sol) e UBS Akio Nakachima (Jardim São Sebastião).

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

O nosso adeus a Miguel Liporassi

Ribeirão Preto perde Miguel Liporassi: Não era polêmico nem agressivo, era respeitado pela qualidade, voz e equilíbrio nos comentários. E pela postura com os colegas, leal, ficava longe das intrigas de bastidores.

PREVISÕES DO TAROT EM JULHO DE 2022

As previsões para Julho de 2022, trazem transformação nas finanças, amor, relação familiar

Vice de Lula tem novamente bens bloqueados pelo Ministerio Publico

Justiça Eleitoral determina bloqueio de R$ 11,3 milhões em bens de Geraldo Alckmin no caso Odebrech

Multas no corredor de onibus da Vargas começa nesta Segunda-feira (4)

Conforme o Código de Trânsito Brasileiro, transitar pela faixa exclusiva de ônibus é considerada infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e perda de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Congresso mundial online reunirá milhões de pessoas para falar sobre “paz”

Como sentir paz e tranquilidade apesar dos desafios provocados pelo aumento do custo de vida, da violência, dos desastres naturais, do ódio e das guerras?
- PUBLICIDADE -