Início Região Taquaritinga Taquaritinga atinge meta de vacinação contra a pólio e sarampo

Taquaritinga atinge meta de vacinação contra a pólio e sarampo

- continua após a publicidade -

O município de Taquaritinga alcançou a meta de vacinação contra o sarampo e a poliomielite, imunizando 95,5% do público-alvo estabelecida pelo Ministério da Saúde.

A ação para imunizar crianças de 1 a 5 anos incompletos começou em 4 de agosto e terminou na última sexta-feira, dia 28, informa o Serviço de Vigilância Epidemiológica do Município.

A maior cobertura se deu em crianças de 3 anos, com 100% de vacinação. A menor cobertura, porém, se registrou em crianças de 4 anos, com percentuais abaixo de 93%. No total, o município vacinou 95,23% da meta contra a pólio, e 95,30% contra o sarampo.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A Secretaria Municipal de Saúde reforça que a adesão às vacinas é fundamental para reduzir o risco de reintrodução da poliomielite no Brasil, assim como o de circulação de sarampo e rubéola no município.

 

Cobertura vacinal em Taquaritinga – dados até 28 de setembro

 

Cobertura

 

1 ano2 anos3 anos4 anosTotal
Pólio

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

 

93,16%94,51%100,88%92,28%95,23%
Sarampo

 

93,32%94,51%100,73%92,57%95,30%

 

 

 

 

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Trafico: Mulher melancia foi presa

A suspeita foi detida à cerca de 100 Km de Ribeirão Preto, enquanto ia de ônibus até o Rio de Janeiro.

Comercio de Ribeirão Preto poderá funcionar até 22 horas

O comercio não pode exceder 10 horas diárias, com isso precisarão se adaptar para atendimento noturno.

Dezembro Vermelho começa com “Dia Mundial de Luta Contra a Aids” em Ribeirão Preto

Testagem para HIV e Sífilis será reforçada de 1º a 5 de dezembro nas unidades de saúde da rede municipal

Daerp inicia leitura, impressão e entrega simultânea de conta

Nova conta começou a ser distribuída na região do Jardim Recreio, na zona Oeste da cidade

Hospital de Amor promove live “Dia de Doar”

Presente em mais de 70 países, o movimento ganhou força por conta da pandemia e ajuda a transformar a doação em um hábito de todos.