InícioRegiãoPitangueirasTransporte intermunicipal gratuito a alunos de Pitangueiras e Ibitiúva volta a operar

Transporte intermunicipal gratuito a alunos de Pitangueiras e Ibitiúva volta a operar

- continua após a publicidade -

Após recesso de férias de julho, o transporte escolar gratuito para estudantes Pitangueiras e Ibitiúva que fazem faculdade e cursos profissionalizantes em cidades da região retomou suas atividades na última segunda-feira (5).

A Secretaria Municipal de Educação informa que os alunos beneficiados pelo transporte devem levar suas carteirinhas até a sede (que fica na avenida das Pitangueiras, 999) para serem carimbadas.

Já os que se matricularam em cursos fora da cidade a partir deste semestre devem procurar a Secretaria para agendamento e confecção da carteirinha estudantil. Para isso, precisam apresentar documento que comprove a matrícula escolar.

O transporte gratuito a cidades da região é um benefício garantido pela Prefeitura Municipal de Pitangueiras e Ibitiúva desde 20019 a mais de mil alunos matriculados em escolas da região.
Outras informações podem ser obtidas pelo (16) 3952-2252.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Colégio Metodista suspende atividades em Ribeirão Preto

Instituição contava com 122 anos de atuação na cidade encerra atividades por conta da situação financeira da instituição de ensino. A economia vemos depois.

O fundo do posso sem fundo: Fiocruz indica atenção com dengue

Períodos chuvosos atrelados ao calor são favoráveis à proliferação do Aedes aegypti, que é também transmissor do vírus da zika e chikungunya.

Mãe do presidente Jair Bolsonaro morre aos 94 anos

De Uma família humilde do interior de São Paulo, dona Olinda, partiu mas pode ver os feitos do filho. Nossos sentimentos ao @jairmessias.bolsonaro

Coronavac é liberada e SP confirma dose para crianças em até 3 semanas

Eles garantem que o medicamento é seguro, e casos de mortes não são relacionados com a picada salvadora. Se ele garante nós acreditamos na ciência.

Criança de 10 anos infartou depois da picada mas o motivo não foi a vacina

Prefeitura diz que criança teve parada cardíaca após vacina, mas estado rapidamente concluiu que criança tinha doença rara no coração que os pais não sabiam. E nós acreditamos no trancarua
- PUBLICIDADE -