InícioRegiãoBarretosHenrique Prata relata em livro as providências que levam a filosofia do...

Henrique Prata relata em livro as providências que levam a filosofia do Hospital de Câncer de Barretos para todo o Brasil

- continua após a publicidade -

Henrique Prata, presidente do Hospital de Câncer de Barretos (HCB), lança o Livro A Providência na próxima terça-feira, 22 de agosto, em Ribeirão Preto, com renda revertida para a instituição oncológica de Barretos que atende gratuitamente cerca de 6 mil pacientes de todo o Brasil.

A obra relata como o primeiro livro de Prata “Acima de tudo o amor” sensibilizou empresários, políticos e demais membros da sociedade, que após a leitura, decidiram ajudar na dispendiosa tarefa de manter e expandir a atuação do HCB.

Um dos capítulos traz detalhes da ação de empresários de Rondônia que mobilizaram amigos, funcionários e até fornecedores para colaborar com a causa. Todo este empenho ajudou a tirar do papel o projeto de Construção do Hospital de Câncer da Amazônia.

Também conta a história de empresários da cidade de Caçador (SC), que, inspirados no exemplo de Prata, assumiram a administração do Hospital Maicé e evitaram que a instituição fechasse. Para isso, organizaram diversos shows, leilões e bingos e buscaram apoio do governo local, assim como Prata faz no HCB.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Publicado pela Editora Gente, o livro custa R$ 35,00, tem 160 páginas e revela os milagres que levam a filosofia do Hospital de Câncer de Barretos para todo o Brasil.

Ficha Técnica

Título: A Providência

Subtítulo: Os milagres que levam a filosofia do Hospital de Câncer de Barretos para todo o Brasil

Autor: Henrique Prata

Selo: Gente

ISBN: 978-85-452-0177-9

Formato: 16 x 23 cm

Páginas: 160

Gênero: Não-ficção

Lançamento: Agosto de 2017

Preço de capa: R$ 35,00

Fazendeiro, agropecuarista e piloto de avião

Empreendedor nato, Henrique Prata é fazendeiro, agropecuarista e piloto privado e comercial. Cedo optou pelo trabalho em detrimento dos estudos. Aos 15 anos, já trabalhava na fazenda de seu avô. Aos 33, abraçou a mais difícil de todas as tarefas: administrar o HCB. Sem curso de medicina, jaleco branco ou estetoscópio, levou adiante o que se tornou sua missão de vida: curar milhares de pessoas com câncer em um atendimento gratuito, humanizado e de qualidade, gerindo e captando recursos para manter o hospital.

Recolhendo doações de empresários, fazendeiros, artistas e figuras públicas, conseguiu transformá-lo em um dos maiores centros de tratamento oncológico do planeta e consegue sanar um déficit mensal que gira em torno de 21 milhões de reais. Xuxa Meneguel, Gugu Liberato, Rionegro e Solimões, Leonardo, Victor e Léo, Eduardo Costa, Luan Santana e os médicos Drauzio Varella e Antônio Buzaid são algumas das celebridades que ajudam o hospital.

Excelência no atendimento

Reconhecido internacionalmente, o Hospital de Câncer de Barretos é considerado ilha de excelência do Sistema Único de Saúde (SUS). Em 2016, mais de 151 mil pacientes passaram pelo Hospital, 829.081 atendimentos foram realizados e a instituição diagnosticou 14.200 novos casos de câncer.

Com um corpo de 520 médicos e 4.000 colaboradores, o hospital conta, hoje, com mais de 120 mil m² de área construída, além das 12 unidades móveis que cruzam o país levando prevenção aos lugares mais inesperados. Em 2016, as carretas de prevenção percorreram mais de 160 mil quilômetros, o equivalente a mais de três voltas ao redor da terra e realizaram 130 mil mamografias.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Oficinas e cursos gratuitos em Ribeirão Preto

Há oportunidades para atividades de música, dança, teatro, artes plásticas e circenses. Confira vagas por unidade e saiba como fazer a inscrição.

240 oportunidades de emprego em Ribeirão e Sertãozinho

Entre as vagas há opções como ajudante de produção, auxiliar administrativo, motorista, vendedor, cuidador de idosos, padeiro, cabeleireiro e manicure.

A economia a “gente vê depois” leva mais de 2 milhões a extrema pobreza

Pelo menos 2 milhões de famílias brasileiras tiveram a renda reduzida e caíram para a extrema pobreza entre janeiro de 2019 e junho deste...

Quem foi vacinado com coronavac continua proibido de entrar em países que aceitam turistas

A santa medicação do Doria, continua proibida em vários países que já abriram suas fronteiras. E como ficam os imunizados que precisam viajar?

‘Sofrimento global’ faz buscas por ajuda emocional e prevenção ao suicídio aumentarem

Psicológicos relatam aumento de transtornos alimentares e psicológicos na pandemia e falam em ‘crises potencializadas’; Centro de Valorização da Vida registrou 147 mil atendimentos a mais apenas em 2020
- PUBLICIDADE -