InícioRegiãoBarretosHenrique Prata relata em livro as providências que levam a filosofia do...

Henrique Prata relata em livro as providências que levam a filosofia do Hospital de Câncer de Barretos para todo o Brasil

- continua após a publicidade -

Henrique Prata, presidente do Hospital de Câncer de Barretos (HCB), lança o Livro A Providência na próxima terça-feira, 22 de agosto, em Ribeirão Preto, com renda revertida para a instituição oncológica de Barretos que atende gratuitamente cerca de 6 mil pacientes de todo o Brasil.

A obra relata como o primeiro livro de Prata “Acima de tudo o amor” sensibilizou empresários, políticos e demais membros da sociedade, que após a leitura, decidiram ajudar na dispendiosa tarefa de manter e expandir a atuação do HCB.

Um dos capítulos traz detalhes da ação de empresários de Rondônia que mobilizaram amigos, funcionários e até fornecedores para colaborar com a causa. Todo este empenho ajudou a tirar do papel o projeto de Construção do Hospital de Câncer da Amazônia.

Também conta a história de empresários da cidade de Caçador (SC), que, inspirados no exemplo de Prata, assumiram a administração do Hospital Maicé e evitaram que a instituição fechasse. Para isso, organizaram diversos shows, leilões e bingos e buscaram apoio do governo local, assim como Prata faz no HCB.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Publicado pela Editora Gente, o livro custa R$ 35,00, tem 160 páginas e revela os milagres que levam a filosofia do Hospital de Câncer de Barretos para todo o Brasil.

Ficha Técnica

Título: A Providência

Subtítulo: Os milagres que levam a filosofia do Hospital de Câncer de Barretos para todo o Brasil

Autor: Henrique Prata

Selo: Gente

ISBN: 978-85-452-0177-9

Formato: 16 x 23 cm

Páginas: 160

Gênero: Não-ficção

Lançamento: Agosto de 2017

Preço de capa: R$ 35,00

Fazendeiro, agropecuarista e piloto de avião

Empreendedor nato, Henrique Prata é fazendeiro, agropecuarista e piloto privado e comercial. Cedo optou pelo trabalho em detrimento dos estudos. Aos 15 anos, já trabalhava na fazenda de seu avô. Aos 33, abraçou a mais difícil de todas as tarefas: administrar o HCB. Sem curso de medicina, jaleco branco ou estetoscópio, levou adiante o que se tornou sua missão de vida: curar milhares de pessoas com câncer em um atendimento gratuito, humanizado e de qualidade, gerindo e captando recursos para manter o hospital.

Recolhendo doações de empresários, fazendeiros, artistas e figuras públicas, conseguiu transformá-lo em um dos maiores centros de tratamento oncológico do planeta e consegue sanar um déficit mensal que gira em torno de 21 milhões de reais. Xuxa Meneguel, Gugu Liberato, Rionegro e Solimões, Leonardo, Victor e Léo, Eduardo Costa, Luan Santana e os médicos Drauzio Varella e Antônio Buzaid são algumas das celebridades que ajudam o hospital.

Excelência no atendimento

Reconhecido internacionalmente, o Hospital de Câncer de Barretos é considerado ilha de excelência do Sistema Único de Saúde (SUS). Em 2016, mais de 151 mil pacientes passaram pelo Hospital, 829.081 atendimentos foram realizados e a instituição diagnosticou 14.200 novos casos de câncer.

Com um corpo de 520 médicos e 4.000 colaboradores, o hospital conta, hoje, com mais de 120 mil m² de área construída, além das 12 unidades móveis que cruzam o país levando prevenção aos lugares mais inesperados. Em 2016, as carretas de prevenção percorreram mais de 160 mil quilômetros, o equivalente a mais de três voltas ao redor da terra e realizaram 130 mil mamografias.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

O nosso adeus a Miguel Liporassi

Ribeirão Preto perde Miguel Liporassi: Não era polêmico nem agressivo, era respeitado pela qualidade, voz e equilíbrio nos comentários. E pela postura com os colegas, leal, ficava longe das intrigas de bastidores.

PREVISÕES DO TAROT EM JULHO DE 2022

As previsões para Julho de 2022, trazem transformação nas finanças, amor, relação familiar

Vice de Lula tem novamente bens bloqueados pelo Ministerio Publico

Justiça Eleitoral determina bloqueio de R$ 11,3 milhões em bens de Geraldo Alckmin no caso Odebrech

Multas no corredor de onibus da Vargas começa nesta Segunda-feira (4)

Conforme o Código de Trânsito Brasileiro, transitar pela faixa exclusiva de ônibus é considerada infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e perda de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Congresso mundial online reunirá milhões de pessoas para falar sobre “paz”

Como sentir paz e tranquilidade apesar dos desafios provocados pelo aumento do custo de vida, da violência, dos desastres naturais, do ódio e das guerras?
- PUBLICIDADE -