Início Região Araraquara Pequenos estabelecimentos varejistas amenizam crise no mercado de trabalho formal de Araraquara,...

Pequenos estabelecimentos varejistas amenizam crise no mercado de trabalho formal de Araraquara, aponta estudo inédito

- continua após a publicidade -

Na próxima sexta-feira (11/08), o Sindicato do Comércio Varejista de Araraquara apresentará à imprensa um estudo inédito que aponta o desempenho do mercado de trabalho do comércio varejista da cidade.

Em junho, o destaque ficou por conta dos estabelecimentos varejistas de pequeno porte, com até 4 empregados, que encerraram o mês com 76 postos de trabalho abertos na cidade, resultado puxado, principalmente, pelo segmento de vestuário, tecidos e calçados. A geração de emprego nas pequenas empresas foi superior ao resultado geral do setor, que abriu 37 vagas de trabalho formal no período.

As informações foram apuradas pela assessoria econômica da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), com base em dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho.

A pesquisa identificou que, tanto no mês de junho quanto no acumulado do ano ou em 12 meses, as empresas com até 4 empregados registraram geração de emprego formal superior aos demais portes. Tal desempenho demonstra que os estabelecimentos comerciais de menor porte impulsionaram a geração de vagas no setor varejista.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A análise traz, ainda, dados sobre a geração de emprego formal em todas as atividades do comércio varejista de Araraquara, segmentando-os por porte das empresas em diferentes períodos.

O estudo será apresentado a presidentes de sindicatos patronais do comércio durante a reunião mensal da Coordenadoria Sindical Nordeste da FecomercioSP. O encontro ocorrerá na sede do Sincomércio de Araraquara, na rua Voluntários da Pátria, nº 1.435, centro.

O atendimento à imprensa será realizado das 12h às 12h30.  Estarão disponíveis para entrevistas o presidente do Sindicato, Antonio Deliza Neto, e um economista da FecomercioSP. Na ocasião, os jornalistas presentes terão acesso ao material completo da pesquisa.

Sobre a FecomercioSP
A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) é a principal entidade sindical paulista dos setores de comércio e serviços. Congrega 156 sindicatos patronais e administra, no Estado, o Serviço Social do Comércio (Sesc) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). A Entidade representa um segmento da economia que mobiliza mais de 1,8 milhão de atividades empresariais de todos os portes. Esse universo responde por cerca de 30% do PIB paulista – e quase 10% do PIB brasileiro – gerando em torno de 10 milhões de empregos.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Entidade pede ao STF liberação de cocaína para combater Covid-19

Ivermectina, cloroquina são um perigo para a saúde, mas a cocaína é a salvação na pandemia.

Governador do Texas Anuncia Fim das Restrições e Abertura Total da Economia

O governador também anunciou o fim do uso obrigatório de máscaras no Texas.

Lira: acordo com governadores destina R$ 14,5 bi para saúde

Será criado grupo para acompanhar fabricação de vacina no Brasil

Conselho Federal de Medicina Pressiona Conselhos Regionais Que São Contrários aos Lockdowns

Um grupo de mais de trezentos médicos divulgou um manifesto afirmando que a direção do Conselho Federal de Medicina tem pressionado os conselhos regionais

Número de bilionários dispara na China durante a pandemia

Eles espalharam os pregos na estrada e vendem o remendo, o mundo agradece enquanto eles ficam mais poderosos.
- PUBLICIDADE -