InícioPolíticaPSOL quer cancelar auxílios e direito a educação para quem não se...

PSOL quer cancelar auxílios e direito a educação para quem não se vacinar.

Advertência, multas, cancelamento de programas sociais, fechamento de empresas, impedimento de matricular-se em escolas, é assim que eles querem te forçar a se vacinar.

- continua após a publicidade -

No Rio de Janeiro, mais precisamente em Niterói, um vereador do PSOL demonstra como a esquerda pode utilizar a abertura que o STF deu para impor restrições a população que não quiser tomar a vacina.

Um projeto de lei proposto pelo vereador Paulo Eduardo Gomes (PSOL) em Niterói – RJ, usou a brecha que o STF abriu ao votarem em plenário o direito de estados e municípios obrigarem a população a se vacinarem contra a Covid. O PL aprovado pela câmara de Niterói, estabelece medidas severas para obrigar a população do município a se imunizar. Cancelamento de auxílios sociais, como o Bolsa Família, impedimento da realização de matrículas em escolas públicas e/ou particulares e penalidades a empregadores de funcionários que não comprovarem a imunização são algumas das regras impostas aos cidadãos.

O Projeto de Lei proposto pelo vereador do PSOL prevê advertências ou multas que poderão ser aplicadas aos moradores de Niterói que se recusarem a tomar a vacina. Permite ainda que a autoridade sanitária da cidade possa fiscalizar qualquer estabelecimento público ou privado para chegar se empregados e empregadores se submeteram à vacinação. Se alguém não possuir a comprovação da imunização o estabelecimento será sujeito a diversas penalidades, de multa até o cancelamento da autorização para funcionamento.

Parece absurdo? Embora especialistas considerem o projeto de lei inconstitucional, o vereador se baseia na decisão do STF que permite aos Estados e Municípios estabelecerem restrições aos cidadãos que não se vacinarem. O psolista autor da proposta reconhece que o projeto é polêmico, “agressivo e duro”, mas afirmou que ao longo do tempo de aplicação da lei, se tornará “interessante”.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Esse é o jogo da esquerda para controlar a sua vida, ou você faz o que eles querem ou você perde direitos básicos, como o da educação. O projeto ainda não foi sancionado pelo prefeito de Niterói, o que esperamos, não aconteça. Mas mostra a mentalidade dos partidos de esquerda e as possibilidades absurdas que podem surgir nas cidades, estados e até uma lei fedeeral.

Querem te obrigar a qualquer custo.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Contações de histórias compõem a programação do final de semana do Museu Casa de Portinari

Conheça também a faceta poética de Candido Portinari no Pela Janela (25); on-line e gratuita

Terceira via discute impeachment de Bolsonaro como única forma de derrotar Lula

Com economia e empregos em recuperação, falta de escândalos no governo e popularidade nas ruas em alta, os concorrentes enxergam no impeachment a única forma de barrar Bolsonaro em 2022

Olimpíada de Tóquio: saiba quem são os brasileiros favoritos ao ouro

Judô? Vôlei? Natação? Atletismo? Futebol? De onde virão as medalhas de ouro para o Brasil?

Ribeirão Preto já vacinou mais de 50% da população com a primeira dose

Foram 360.962 pessoas imunizadas com a primeira dose, 112.238 com a segunda e 15. 948 com dose única

120 vagas para cursos gratuitos de qualificação com bolsa-auxílio em Ribeirão Preto

São 60 vagas para o curso de Porteiro e Controlador de Acesso e 60 vagas para o curso de Recepção e Atendimento, os dois com duração de 12 dias
- PUBLICIDADE -