Início Política O "machista" Bolsonaro sanciona projeto de lei que combate violência a mulher

O “machista” Bolsonaro sanciona projeto de lei que combate violência a mulher

- continua após a publicidade -

Há pouco, nesta segunda-feira (13/5), a senadora Leila Barros (PSB-DF) informou através das redes sociais, que o presidente Jair Bolsonaro sancionou o projeto de lei que permite que delegados e policiais possam aplicar medidas protetivas de urgência às mulheres vítimas de agressão.

“Esse aperfeiçoamento pode salvar um número expressivo de mulheres que são agredidas e ameaçadas diariamente. Meus agradecimentos ao presidente Bolsonaro e às mulheres do Congresso Nacional, principalmente às senadoras que se mobilizaram para aprovarmos o projeto por unanimidade.” escreveu a senadora.

 

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Cravinhos recebe etapa de Campeonato de Futebol da Fundação CASA

Partidas valem vaga para a semifinal do campeonato de Futebol da Fundação CASA, que acontece antes das partidas oficiais do Paulistão 2020

Santa Helena abre inscrições para o programa de visitas à Casa do Quito

Mascote da Paçoquita ambienta espaço divertido; o ponto alto da programação será a produção de paçocas feitas pelos visitantes

Coronavirus: Confirmado primeiro caso em Ribeirão Preto

Trata de um paciente de 42 anos, do sexo masculino, proveniente da Itália, O paciente está em isolamento domiciliar e passa bem.

Viradouro é a campeã do carnaval do Rio de Janeiro com enredo sobre, mulheres guerreiras e descendentes de escravas

Em segundo lugar, ficou a Acadêmicos do Grande Rio, a polemiza e criticada mangueira ficou apenas com a 6a.posição na classificação final.

Processo seletivo para estagiários da Fundet será no próximo domingo

Candidatos devem comparecer com 30 minutos de antecedência, levando caneta transparente de tinta azul ou preta e identidade original com foto
- PUBLICIDADE -